O Fim Da Lei é Cristo

O FIM DA LEI É CRISTO !

 AOS  QUE  AMAM  A  VERDADE:

Um dos maiores problemas no Cristianismo” é a falta de interpretação  apostólica.  

Quantas   vezes   tenho  encontrado   com   inúmeros   irmãos   em   Cristo   que  “MISTURAM”   Graça   com   Lei,  Cristianismo   com  Judaísmo,  a   Sã  Doutrina   com   usos   e   costumes  judaicos,  etc...

“Alguns”  dizem fazer “culto de doutrina”, mas chega na hora  falam  sobre  o  que  a  mulher (ou  o  homem) pode  ou  não “usar”  e  “fazer”  em  suas  denominações... (?!?)

A  verdadeira  e  genuína  interpretação  ( cuja  mesma  a  esperei  por  longos  vinte e oitos  anos... ) não  está  em  se  dizer   que   somos  “pentecostais”   ou   “batistas”, ou  “presbiterianos”, “metodistas”, “católicos”, “renovados ou tradicionais...”  * N Ã O ! ! ! 

A   verdadeira   interpretação   bíblica  é  aquela  que  olha  para  o  sacrifício  de  Cristo  por  nós !  E  ao  olharmos  para  o  que  Ele  fez  logo  saberemos  naturalmente  que  não  somos  um  “pedaço  de  gente”  andando  na  terra,  a  mercê  de  um  “destino  desconhecido...” (?!?) * Somos  Predestinados ! 

 * O povo de Deus  sofre  porque  “até  hoje”  não  sabem  por  que  Jesus  veio !  E “se sabem”, “não vivem” como se  soubessem... (?!?)

 Eu, particularmente  falando, tinha várias perguntas que o  “Sistema Religioso”  nunca  me  respondeu... Hoje  “eu  tenho”  respostas  em  graça, para  quaisquer  pergunta  da  lei... Quantas  e  quantas  vezes  eu  via  a  Bíblia  dizendo  uma  coisa  e  o  “Sistema” ensinando  outra...

Fui “convidado a me retirar”de uma “igreja” porque estava dando glória a Deus ( ?!? )

O  “pastor”  disse   que   não   era   o   costume   deles... 

CONVICTAMENTE  EU  DIGO :   Deus  “permitiu”  que  eu  vivesse   e   conhecesse   os   erros   doutrinários ( como  aconteceu  também  com  o  Apóstolo  Paulo... )para  que   “HOJE”  eu   te   apostolasse   com   “a   graça   e   a  verdade,   que   vieram   por   meio   de   Jesus   Cristo...”    ( Jo. 1: 17 )

PRESTE  ATENÇÃO  :   ---  O  Espírito  Santo  que  habita  em   ti   “testificará”  a   respeito   da   “diferença”  entre   o “Tomate”  e  o  “Caqui”...até  se  parecem...  
Mas  “UM”  é  legume  “O  OUTRO”  é  fruta... Sim !  Parece...mas  não  é...

--- Para a glória de Deus (HOJE), falamos  sabedoria entre os “perfeitos”  ( em Cristo ), falamos  a  sabedoria  de  Deus   oculta   em   mistérios,  a   qual   já   nos   estava  predestinada   antes   dos   séculos   para   nossa   glória...   ( I Cor. 2: 6, 7 )

INFELIZMENTE,  o   Sistema    Religioso    está  ( na  verdade sempre  esteve...)  ENFERMO, e  DOENTE... O  “remédio”  que  eles  usam  nas  ovelhas  do  Senhor  não  as curam   para   sempre...   como   está   escrito : 
“curam   superficialmente...”   ( Jerem. 8: 11 )

(...o “efeito” do remédio não dura por muito tempo, pois o “remédio”  é  falsificado, e  já está vencido...  este   remédio,  perto   está   de  desaparecer...   Heb. 8: 13 ) 

INFELIZMENTE, alguns  se  desviaram  do  verdadeiro  amor   que   procede   de   um   coração   puro, de  uma  “boa  consciência”,  de  uma  fé “não  fingida...”, se   desviaram   do  verdadeiro    mandamento    e    se    entregaram a  “discursos  vãos”. (Mera  sabedoria  de homens...)

Querem  ser  “mestres  da  lei”,  mas  “NÃO   ENTENDEM” nem   o   que  dizem   nem   o   que   com   “tanta   confiança”  afirmam...  ( I Timó. 1: 5 a 7 )


“O  FIM  DA  LEI  É  CRISTO  !”
(PARTE 1)

 

---  O assunto  dessa  apostila  é  simples e objetivo :

“O  fim  da  lei  é  Cristo  para  justiça  de  todo  aquele  que  crê !”   
( Rom. 10: 4 )

Temos  vários  itens  neste  texto  para  estudarmos, e crescermos  em  graça  através  das  revelações  que  estão  por  traz  desse  versículo...

 

1 )   “O FIM” DA  LEI:  

Para  se  receber  o  pleno  entendimento  é  preciso  primeiro   entender   o   que   quer   dizer   cada   palavra. Não   posso   dar   continuidade   nesse   estudo   se   você   não   souber   o   que   quer  dizer   a   palavra    “FIM” .

O Senhor Jesus disse :

“Eu  sou  o  Alfa  e  o  Ômega,  o  Princípio  e  o  Fim...”
( Apoc. 1: 8 )

Jesus quis dizer que “Ele é antes de tudo e de todos”, Ele é o “Primeiro e o Último”.

“Quem  operou  e  fez  isto,  chamando  as  gerações  desde  o  princípio ?
( quer  dizer, desde  antes  da  fundação  do  mundo ? )
Eu, o Senhor, o primeiro deles (dos espíritos ), e  com  os  últimos, sou Eu mesmo...”
( Isa. 41: 4 )

“FIM”,  quer dizer que acabou ! Não tem mais ! Imagine você chupando um sorvete, e  de  longe  seu  amigo  grita :   Ei,  me  dá  um  pouco  ! E  você  diz :  --- Acabou  !  Chegou   ao   fim  !

Literalmente, “FIM”  quer dizer  que  “ACABOU”  !  “TERMINOU”  !

Imagine você pagando um carnê de mensalidades de doze prestações. Ao pagar a décima  prestação,  o  carnê  estará  no   “Fim”,  quer  dizer,  estará   acabando.

Se  o  carne  é  de  doze  prestações e você já pagou dez, pagando mais duas “ACABA”,  “TERMINA”   todas  aquelas   “prestações...” (QUEM  ENTENDEU...)

E se “ACABOU” você não deve mais nada ! Você  já  não  está  mais  sobre “o   jugo”  daquele    “carnê”, pode  dormir  sossegado...

* Leia   de   novo,  e   coloque   tudo   o   que   eu   disse    no   lado  espiritual... você   sabe    sobre    o    que    estou    falando...

 

2 )  O  FIM  “DA   LEI”  :  

---  A  palavra   “LEI”   na  bíblia   tem   três  ( 3 )  significados :

a)   Lei  de  Deus

b)   Lei  de  Moisés

c)   Lei  dos  homens  ( as  autoridades )

 

A) A “Lei de Deus”    é  aquela  que  é  imutável ! Aquela  que  Ele  mesmo  já   estabeleceu    desde   a    muito    tempo,   antes   mesmo   do   homem   existir...
A   chuva,   o   sol,   a   lua,   as   estrelas,  o  ar,   o   mar   e   etc...
Um   exemplo   da  “Lei   de  Deus” :

“E   disse   Deus :  Haja   luz  !   E   houve   luz...”  
( Gên. 1: 3 )

 * A   “Lei   de   Deus”  é   conhecida   e   reconhecida   pela   Sua   Soberania !
O    que    Ele    diz,    acontece   !

“Disse  o  Senhor:  Eu  velo  sobre  a  minha  Palavra  para  a  cumprir...” 
(Jerem. 1: 12 )

Paulo  disse : 

“Pois  segundo  o  homem  interior  ( o espírito ), tenho  prazer  na  “lei   de  Deus...” 
( Rom. 7: 22 )

  B)  A “Lei de Moisés” era  ( pois  deixou  de  prevalecer )  aquela   que  
“o   crente”   tinha   que     “fazer     algo”    para     “merecer     algo”    de     Deus ...por isso  que  quem  congrega  numa “igreja da lei”  está  sempre  “devendo algo”  para  Deus... pois  tem  a  consciência  de  que  é  um  pecador,  “distante”  de  Deus......  o   crente    não    consegue   se    aperfeiçoar... )

O Apóstolo Paulo chamou a “lei de Moisés” de  “mandamento  carnal” (Heb. 7: 16)  

pois  a  lei  foi  dada  para  a  carne... Paulo  sabia  que  aquela  “Lei”  vivia  das  sombras  (simbolizando)  dos  bens  futuros  (que   aconteceriam   em  Cristo,   numa   Nova  Aliança ),  Paulo   disse   que   aquela  “Lei”  não  podia  (e nem pode)  nunca  pelos mesmos  sacrifícios  que  se  oferecem  aperfeiçoar  os  crentes... ( Heb. 10:1 ) 

** A lei “não  pode  nunca  aperfeiçoar” (Heb. 7: 19) 
A Graça “nos aperfeiçoou” para  sempre ! (Heb. 10: 14)

--- Uma  das  maiores  diferenças  entre  “a  Lei  e  a  Graça”, é  que  a  lei  “dependia”  das   obras   dos   homens, e  a  graça  do  “favor  de  Deus” por  nós... que  já  foi  feito...
Por isso que  Paulo disse :   “Mas  “se  é  pela  Graça  (de  Deus) ,  já  não  é  pelas  obras”  (dos  homens) ; doutra   maneira,  a  graça   já   não   é   graça...” (Rom. 11: 6)

O Apóstolo Paulo foi quem lançou (colocou) o “FUNDAMENTO”  da  Nova  Aliança, e ele  disse   que  “a  Lei  de  Moisés”  foi  “CANCELADA” (abolida)  por  causa  da  sua fraqueza e  “INUTILIDADE”  (hoje, que estamos numa Nova Aliança...) - Heb. 7: 18
A  “Lei  de  Moisés” era  estabelecida  em  obras, e sacrifícios, se  você  ler  (principalmente) 
os cinco primeiros livros da bíblia ( que são os cinco livros de Moisés) encontrará  as pessoas 
( especificamente os  hebreus, os judeus, o povo de Israel... ) fazendo  e  oferecendo  “sacrifícios”  a  Deus...  ( pois naquela aliança era assim... )

***  Você  não  encontrará na bíblia  “NENHUM  GENTIO”  oferecendo  algum  tipo  de  sacrifício  a  Deus...  pois isso  “era  uma  lei  que  foi  estabelecida  somente  para  o  povo  de  Israel... isto  é  para  os  judeus...”

Há  “igrejas” hoje  que  querem  “viver  e  guardar” a  “Lei  de  Moisés”  que  foi  dada  única   e   exclusivamente   para   o   “povo   de   Israel”,  numa   Antiga   Aliança, “ANTES”   de   Cristo...para  os  judeus... Não   somos   povo   de   Israel,  não   estamos  numa   Antiga   Aliança, não   estamos antes   de   Cristo,  e   não   somos   judeus... 

 “SOMOS   GENTIOS   ELEITOS   E   PREDESTINADOS   PARA   A   SALVAÇÃO,  PELA   GRAÇA  QUE  HÁ   EM   CRISTO   JESUS ! ! !”

Há  “igrejas”  hoje  que  ensinam  os  gentios  ( os não - judeus )  a se  vestirem  como  judeus, a falarem  como judeus, a fazerem obras e atitudes de judeus, imputam nos gentios  as  obras  da  lei  e  os  costumes  dos  judeus, e  etc... e  etc...   e  etc...

A falta de interpretação é tão grande que os  “falsos  mestres” chegam a dizer  :
“Somos  o  Israel  de  Deus !”   ...já com o intuito de imputar o legalismo judaico nos   gentios...

Enfim,   a  “Teologia  Tradicional” imputou (e imputa)  o judaísmo (que Paulo tanto combateu...)  na  igreja  gentílica...  ( esse  é  um dos  piores  erros  do  Sistema... )

“Alguns,  porém  da  seita  dos  fariseus,  que  “tinham  crido”,  
levantaram-se  dizendo  que  “era  necessário”  circuncidá-los, 
e  mandar-lhes  que  “guardassem” a   lei   de   Moisés...”  
(Atos 15: 5)

---  Os  fariseus  também, ou  melhor,  até  dizem  que  crêem ,  mas  logo  querem “imputar  o  judaísmo” ( a  lei  de  Moisés)  também   para   os   gentios...   ( ?!? )

*** Ora,  isso  é  “pura  falta  de  interpretação”,  anulam  a  graça  de  Deus  em  Cristo...

“Eles  ( Paulo  e  Barnabé ),  sendo  enviados  pela  igreja,  passaram  pela  Fenícia  e  por  Samaria,  contando  a  “conversão  dos  gentios”.  Esta  notícia  dava  grande  alegria  a  todos  os  irmãos...”  (Atos 15: 3)

--- Mas  como  eu  disse  no  início, há  uma  diferença  entre  “o  tomate” (os irmãos)  
e  “o  caqui”  ( os  “falsos”  irmãos ),  perceba : 

“E  subi ( a Jerusalém ) por causa de uma revelação ( a Graça ), e lhes expus o evangelho que prego entre os gentios...mas  nem  mesmo Tito, que estava comigo, sendo  grego ( Tito   não   era   judeu,  era  um  gentio ), foi constrangido a circuncidar-se... 
e   isto   “por causa”  dos  “falsos irmãos” ( os “alguns”  de Atos 15: 5 ) 
que  se entremeteram  com o fim de espreitar a nossa  liberdade, que temos em Cristo  Jesus,  “para  reduzir-nos  à  escravidão...” 
Não  submetemos  a  eles  ( aos  falsos  irmãos )  nem   ainda   por   “uma   hora”, 
para  que  a  verdade   do   evangelho  permanecesse  entre  vós...”   
( Gál. 2: 2 a 5 )

Paulo  disse  que  os  “falsos irmãos”  (os que  querem guardar a lei  de  Moisés,e o pior, querem  “imputar”  judaísmo  nos  gentios... e  “os que”  não  se  submetem  a  “eles”  são  chamados  de  “endemoninhados”,  “ovelha  negra”,  “ovelha  rebelde” e etc... e as igrejas  (por exemplo essa) que  também não se submetem a eles  são chamadas de  “portas  largas”,   “igreja  do  diabo” ,

 o  pastor  é  um  “falso  profeta”  e  etc... Usam Mateus 7: 15 como um “escudo” para se esconderem atrás da  bíblia...  ) querem  nos  reduzir  à  escravidão,
através  de  “circuncisão...” ( um  costume judaico carnal  -  esses   costumes  hoje  se  tornaram  rudimentos...principalmente  para  nós, os  gentios... )

---  Não  devemos  nos  submeter   ao  Sistema  religioso,  que  prega  lei  e  judaísmo para   
“os gentios”... Estamos  mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo  (e da carne ), 
não   precisamos  nos  sujeitar  a  “ordenanças”,  como  se  vivêssemos  no  mundo...  
( Colos. 2: 20 ) 


C)  A Lei “dos homens”  ( as   autoridades ) :  

A  bíblia   nos   fala   da   “lei   dos   homens”, por  exemplo, Paulo  disse :  

“Toda  pessoa  esteja  sujeita  às  “autoridades   superiores”  (a lei dos homens ) ,
pois     não     há     autoridade    que     não     venha     de     Deus...
As   autoridades   que   há   foram   ordenadas   por   Deus... pois   “ela    é”
( a  autoridade  /  a  lei  dos  homens )  ministro   de   Deus   para   o   teu   bem...”
( Rom. 13: 1,4 )

“Lembra-lhes  que  se  sujeitem  “aos   governadores”   e   “as   autoridades”,
sejam  obedientes,  estejam  preparados  para  toda  boa  obra...”  
( Tito 3: 1 )

“Sujeitai-vos  a  toda  “autoridade  humana”,  por  causa  do  Senhor,  quer  ao  rei, 
como  soberano,  quer  “aos  governadores”,  como   por  Ele  enviados  para  castigo  dos  malfeitores, e  para  louvor  dos  que  fazem  o  bem...”   
( I Pe. 2: 13 )

Diz  o  Senhor :   “Por  mim  reinam  os  reis,  e  os  príncipes  ordenam  justiça...”
( Prov. 8: 15 )

 “...o  Senhor  remove  reis  e  estabelece  reis...”   ( Dan. 2: 21 )

Jesus  disse  a  Pilatos ( uma autoridade  humana / o que tinha a “lei dos homens” ) :

“Nenhuma  autoridade  terias  sobre  mim, se  de  cima  não  te  fosse  dada...”
( Jo. 19: 11 )

*  Enfim !  Aqui   está   os   “três   tipos”   de   lei   que  encontramos  na  bíblia, mas   no  tocante   ao   assunto   dessa   apostila,  a  “Lei”  que   estamos   estudando   é   a  “Lei  de  Moisés”, 
cuja  mesma  “TERMINOU”,  “ACABOU”, em  Cristo  ! ! !

“O   FIM   DESSA   LEI   FOI   CRISTO  ! ! !”

 Em  Cristo  essa  “lei” não  tem  nenhum  valor...


3)   O  FIM  DA  LEI  “É  CRISTO”  !    

--- Agora estamos chegando ao ponto mais principal de toda a bíblia, a “sã    doutrina”.

 “Conjuro-te,  pois  diante  de  Deus  e  de Cristo  Jesus, que há de julgar os vivos  e  os  mortos,  na  sua  vinda  e  no  seu  reino;  prega  a palavra, insta a tempo  e  fora  de  tempo,  admoesta,  repreende,  exorta,  com toda a longanimidade   e   ensino. 
Porque  virá  tempo  em  que  “não  suportarão  a sã doutrina”, 
mas  tendo “coceira”  nos  ouvidos,  cercar-se-ão  de  mestres,  segundo  as  suas  próprias cobiças;  e   se   recusarão   a   dar   ouvidos   à   verdade,  voltando   às   fábulas...”
( II Timó. 4: 1 a 4 )

“Tu,  porém,  fala  o  que  convém  à  sã   doutrina...”   
( Tito. 2: 1 )

--- Muitos dizem que a bíblia é a sã doutrina, pois é a palavra de Deus !  ( ?!? )

* RADICALMENTE  ERRADO  QUEM  PENSA  OU DIZ  ASSIM  !

(Isso  é  um  erro  de  interpretação... certo é dizer:  “Na  bíblia contém a sã doutrina !”)

Na bíblia tem a Palavra de Deus, e na Nova Aliança encontramos a sã doutrina  !

A sã doutrina não se encontra “em   qualquer  lugar  da  bíblia” , principalmente  no  Antigo   Testamento,  ali   não   precisa   nem   procurar...
Sã   doutrina,   quer   dizer,   uma   “Nova     Doutrina”, uma   doutrina  “perfeita”,
uma   “Doutrina    firmada    em    Cristo”.
Também   não   podemos   dizer   que  o  Novo  Testamento  é  a  sã   doutrina,
mas  que  no  Novo  testamento  “contém”  a  sã   doutrina...  ( quem  entendeu... )

Sã doutrina é toda “doutrina” (todo ensinamento) que já foi “FUNDAMENTADO” em Cristo, 
e ninguém pode pôr outro fundamento...

* É de suma importância salientar que para se  obter a “verdadeira interpretação” da  Palavra de Deus  é preciso “SABER”  e ‘ENTENDER”  que na bíblia encontramos “quatro  assuntos”   de  Gênesis   ao   Apocalipse,  são  eles :

1)  H I S T Ó R I A   por  ex : 
 

 “No  princípio  criou  Deus  os  céus  e  a  terra...”    ( Gên. 1: 1 )

2)  I N S P I R A Ç Ã O  por  ex :

  “O Senhor  é  o  meu  Pastor,  e  nada  me  faltará...” ( Salmos 23: 1 )

3)  P R O F E C I A   por ex : 

  “Pois  o  mesmo  Senhor  “descerá  do  céu”... e  “seremos   arrebatados...”   ( I Tes. 4: 16, 17 )

4)  R E V E L A Ç Ã O  por  ex : 

 “Pois  nos  elegeu  Nele  antes  da  fundação   do  mundo...”  ( Efés. 1: 4  )

* OBS:   ( Não  precisava  dizer  isso  mas.... esses  não são  “os únicos” exemplos contidos   na   bíblia... há   vários... centenas  deles... )

---  A sã  doutrina  é  encontrada (PRINCIPALMENTE)  nas  expressões  bíblicas : 
“NELE”, “EM CRISTO”, “NOS DEU”,  “NOS FEZ”,  “POR NÓS”, ou “EM NÓS”.

Logo, posso  dizer :    ---  A  sã  doutrina  diz  que  “o   fim   da   lei   é   Cristo !”
( essa  frase  tem  um  “fundamento”  estabelecido  em  Cristo... )

PALAVRA   APOSTÓLICA :   Todo “ensinamento” em  Cristo  é  a  sã  doutrina.

* Vejamos  alguns  exemplos  de  sã  doutrina :

a)  “Em  Cristo  Jesus”  nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum.... mas  sim  o  ser  uma  nova  criatura...”   ( Gál. 6: 15 )

b)  “Cristo  nos  libertou”  para  que  sejamos  de  fato  livres...”   ( Gál. 5: 1 )

c)  “Pois  “em  Cristo  Jesus”  nem  a  circuncisão  nem  a  incircuncisão  tem  valor  algum. 
O que importa  é  a  fé  que  opera  pelo  amor...”   ( Gál. 5: 6 )

d)  “Todos  vós  sois  filhos  de  Deus  pela  fé  “em  Cristo  Jesus...”, pois  todos  vós que  fostes  batizados   “em  Cristo”,  vos  revestistes   de   Cristo...”   ( Gál. 3 : 26, 27 )

e)  “Cristo  nos”  resgatou  da  maldição da lei, fazendo-se maldição “por nós...” ( Gál. 3: 13 )

f)  “...se  alguém  está  “em  Cristo”, nova criatura é... isto  é,  Deus  estava “em   Cristo”  reconciliando  consigo  mesmo  o  mundo...e,   tudo   isto   provém   de  Deus  que  
“nos   reconciliou”   consigo   mesmo...”    (  II Cor. 5: 17 a 19 )

g)  “Ou   não   sabeis   que  todos  quantos  fomos  batizados  “em  Cristo  Jesus”  fomos   batizados   na   sua   morte  ?”  ( Rom. 6: 3 )

h)  “Sendo  pois  justificados  pela  fé,  temos  paz  com  Deus,  “por  meio” de  nosso  Senhor   Jesus   Cristo...”   ( Rom. 5: 1 )

i)  “Bendito  seja  o  Deus  e  Pai  de  nosso  Senhor  Jesus  Cristo, o  qual  nos  abençoou  com  todas  as  bênçãos  espirituais  nas  regiões  celestiais   “em   Cristo...” , pois  nos  elegeu   “Nele...”  para   sermos   santos   e   irrepreensíveis    “diante    Dele”...  nos  predestinou  para  sermos  filhos  de  adoção “por  Jesus  Cristo...”, “Nele”  temos    a   redenção    pelo    seu    sangue...  “Nele”,    digo,  em  quem  também  fomos  feitos  herança,  havendo  sido  predestinados  conforme  o  propósito  daquele  que  faz  todas  as  coisas... a  fim  de  sermos  para  o  louvor  da  Sua  glória, nós, os que  de  antemão  esperamos  “em  Cristo...”    
( Efés. 1: 3 a 11 )   e  etc... e  etc... e  etc...

---  A sã doutrina é a doutrina da Nova Aliança,  já não vigora mais a “Lei de Moisés”, 
mas a “Graça de Deus”, pela qual somos salvos...

A “Lei” já  não  tem  mais  domínio  sobre  nós  !  Porque  “a força” da lei  era  o  pecado,  mas   agora,  nesta graça,  o  pecado  não  nos  é  imputado, pois  este  foi aniquilado,  e  deixou  de  ser....   Sim !  O  fim  da  lei  é  Cristo ! ( Rom. 10: 4 )

O pecado não tem domínio sobre nós ! Pois não estamos debaixo da lei,  mas  debaixo  da  graça...  ( Rom. 6: 14 )

Não   somos   pecadores,   somos   novas   criaturas,  abençoados   de   Deus, eleitos   do   Senhor,   escolhidos   desde   antes   da   fundação   do   mundo  !
NÃO  SOMOS  PECADORES  !  NÃO  TEMOS  COMO  PECAR  !

O  pecado  era  coisa  da  Lei, não  somos  transgressores  da  lei,  pois  esta  não  foi  dada   a  nós,  os  gentios..., senão  aos  judeus... numa  antiga  aliança.... A lei  mostrava  o  pecado. 
Mas o pecado já foi aniquilado ! O Pecado  não  nos foi  imputado  por  Deus !  Deus  não  nos  conhece  segundo  a  carne  !

NÃO   SOMOS   PECADORES  !  NÃO   ESTAMOS   DEBAIXO   DA   LEI  !

 “...E ONDE NÃO HÁ LEI, NÃO TRANSGRESSÃO...”   ( Rom. 4: 15 ) 

*E  se   não   há   transgressão,  o  “pecado”  não   nos   é   imputado ! ! !

NÃO  SOMOS  TRANSGRESSORES  !  POIS NÃO ESTAMOS DEBAIXO DA LEI  !

ESTAMOS  DEBAIXO  DA  GRAÇA  ! ! !  ( Rom. 6:  14 )

* Os  crentes  sofrem  por  não  saberem  disso... sabem  na  cabeça, 
segundo  a  “sabedoria  dos  homens”,  mas  não  sabem  por  revelação, 
segundo  a  “sabedoria   de   Deus...”  ( I Cor. 2: 6, 7 ) 

---  Só   há   transgressão   onde   há   lei  !  Como   vamos   transgredir   uma   lei   que  não   nos   foi,  e  nem   nos   é  ( graças   à   Deus )   imputada  ?  ?  ?  ?  ?  ?  ?  ?  

Quem  já  viu  alguém  ser  “multado”  ( punido ) se  não  há  nenhuma  lei  ? ? ? ? ? ?  
* Por  isso  que  Paulo  nos  disse :    

“Portanto,  agora  ( nesta  Nova  Aliança )  “NENHUMA  CONDENAÇÃO  HÁ”   
para   os   que   estão   “EM   CRISTO   JESUS...”
( Rom. 8: 1 )

ALGUÉM  DIRIA:    ---  Por  que  não  há   “nenhuma  condenação”  ? ? ?

E   COM  O   MAIOR   PRAZER   EU   TE   APOSTOLO   DIZENDO :

“O JUÍZO VEIO” de uma só ofensa, na verdade “PARA  CONDENAÇÃO”,  
mas “O DOM GRATUITO VEIO” de muitas ofensas, “PARA  A JUSTIFICAÇÃO...”   
( Rom. 5: 16 )

* APRENDAM ISSO DE UMA VEZ POR TODAS !

O  juízo  já  veio  para  a  condenação  ! ( dos  filhos   da   perdição ) A graça  também  já  veio !  Mas  para  a  justificação ! ( dos  filhos  da  salvação, nós... )

 

*O  FIM  DA  LEI  É   CRISTO   !
(PARTE 2)

 

---  A  expressão :  “O  fim  da  lei  é  Cristo”,  se  refere  ao  fim  dos  sacrifícios,
ao    fim    das    “obras    da    lei”.  Há  “igrejas” e  “pastores”  que  fundamentam  as  ovelhas  do  Senhor  em  sacrifícios  e  penitências  religiosas, em “troca” de  uma  “bênção...”  :

Eu  não  entendia    (quando  estávamos  na  lei)   a  questão  do  sacrifício, para  mim, era  como  se  fosse  uma  “troca  com  Deus” :   “Eu   faço   um   jejum,  e  o  Senhor   me   santifica...”  
( ver  Heb. 10: 10 - I Cor. 6: 11 )

E hoje sabemos que “NADA  PARTIU  DE NÓS MESMOS...” como está escrito : 

 “...tudo   provém   de   Deus...”    ( II Cor. 5: 18 )

“Toda    boa    dádiva    e    todo    dom    perfeito    é    lá    do    alto,
descendo    do    Pai    das    luzes...”   ( Tia. 1: 17 )

Eu  não  entendia   porque  o  “sacrifício”,  até  que  encontrei  na  bíblia :

“Tudo  acontece  igualmente  a  todos, o  mesmo  sucede  ao  justo  e  ao  ímpio,  ao  bom  e  ao  mau,  ao  puro  e  ao  impuro.  Assim  ao  que  sacrifica  como  ao  que  não  sacrifica; assim  ao  bom  como  ao  pecador,  ao  que  jura  como  ao  que  teme  o  juramento... 
a  todos  tudo  sucede  o  mesmo...”   
( Ecles. 9: 2 )

Diz o Senhor :  “Pois Eu quero  misericórdia, e não o sacrifício, 
e o conhecimento de Deus mais do que holocaustos...”  ( Osé. 6:  6 )

Por  isso  que  na  graça...  

 “Sacrifícios  e  ofertas  e  holocaustos  e  oblações  pelo  pecado  não  quiseste...”
  ( Heb. 10: 8 )

ALGUÉM  DIRIA :   Por  que  Deus  não  quer  sacrifícios  ? ? ?  (essa  é  fácil...)

“PORQUE JESUS OFERECEU “PARA  SEMPRE  UM  ÚNICO  SACRIFÍCIO”
PELOS  PECADOS...”  ( Heb. 10: 12 )

PORQUE  “COM  UMA  SÓ  OFERTA”  NOS  APERFEIÇOOU  PARA  SEMPRE...” 
( Heb. 10: 14 )

 

* O  PROBLEMA  DAS  “FORTALEZAS”

Crente  que  vive  pensando  que  precisa  cumprir  as  obras  da  lei  está  com  uma  “forte  e  tremenda”  fortaleza  em  sua  mente... mas  nada  “impossível” que  a  Palavra  de   Deus   não   possa   resolver,  através   da   confissão   de   fé...

Diz o Senhor :

“Não é minha  Palavra como fogo, e como martelo que esmiúça a penha  ?”  ( Jerem. 23: 29 )

 “...a   Palavra  que  sair  da  minha  boca  não  voltará  para  mim  vazia, 
mas fará  o   que   me   apraz, e   prosperará   naquilo   para   que   a   enviei...”   
( Isa. 55:  11 )

---  Só  a  Palavra  de  Deus  tem  poder  para  destruir  as  fortalezas  !  
( de  pensar  que  precisa  cumprir  a  lei  diante  de  Deus... )

Uma “arma espiritual” poderosa que Deus nos deu, é a “NOSSA  CONFISSÃO” !

“As  armas  da  nossa  milícia  não  são  carnais, mas  sim  poderosas  em  Deus,
para   destruição   das   fortalezas...  (alguém  diria:  “Quais   fortalezas  ?” )


Com  elas  (as  armas )  derrubamos  raciocínios  e  toda  altivez  que  se  levante  contra  o  conhecimento  de  Deus, e  levamos  cativo  todo  pensamento  à  obediência   de   Cristo...”
( II Cor. 10: 4,5 )

*** ( Fortalezas  são  “pensamentos” contrários à Palavra de Deus. São  raciocínios  humano, 
é  a  lógica,  a  conclusão  humana   querendo   “definir”  a  Palavra  de  Deus, é  a  soberba, 
o orgulho  da  carne  diante  de  Deus, e etc... )


* COMO  PERCEBER 
UMA  FORTALEZA  NA  MENTE?


Por  exemplo:

a)  Quando você conhece a Palavra de Deus, e sabe o que tem que fazer, mas  “ACHA”  
( aqui está uma fortaleza, uma “conclusão”  humana ) que  não  precisa, 
ou que “NÃO TEM PROBLEMA”   ( outra fortaleza, a “dedução” ) se  não  fizer...

b)  A Bíblia diz : 

“Não deixando de congregar, como é costume de “alguns”.   ( Heb. 10:25 )

Quem  não  congrega  não  “perde  a  salvação” por  causa  disso, mas  está  “preso” a  uma  forte  fortaleza  na  sua  mente, que o impede de  “entender”  a Palavra de Deus...

A  igreja  é  o  “sonho  de  Deus”,  os  Seus  filhos reunidos na  terra... ( como era antes no céu... )  Quando nos reunimos Deus é louvado e glorificado, ainda que não fizéssemos  o culto,  
só  por  estarmos  reunidos, juntos...

A  Bíblia  diz:   
“Deus  é  tremendamente  temido  na  assembléia  dos  santos; grandemente  reverenciado  por  todos  os  que  O  cercam...”  ( Salmos 89: 7 )

Congregar é uma “ATITUDE DE FÉ”, é  uma  “DEMONSTRAÇÃO  DE  QUEM  CRÊ”  naquilo  que  Deus  está  falando  na  igreja  através  do  apóstolo  ou  do  profeta...

 * “TODOS   OS   QUE   CRIAM   ESTAVAM   JUNTOS...”
( Atos 2: 44  )

Quem crê  sempre  estará  junto !  Quem crê  sempre  congregará !

“Combati  o  bom  combate,  acabei  a  carreira,  guardei  a  fé...” 
( II Timó. 4: 7 )

Enfim,  “NÃO   EXISTE”  motivo humano, terreno  ou  até  bíblico  para  deixar  de  se  congregar... Quando  isso  acontece  é  porque  “há  uma  fortaleza”  na   mente   do   crente, 
e  precisa  “URGENTEMENTE”  ser  destruída  antes  que  contamine  a  mente  daqueles   que   são   fracos   na   fé...

--- Problemas, todos   nós  temos.... 

Quem   disse   que   se   resolve   um   problema  “fugindo   dele”  ? ? ?

*Você  tem  o  Espírito  de  Cristo !  Você  tem  o  Espírito  de  Deus,  do  Criador !

Enfrente  tudo  e  todos  !  Nada  pode  te  impedir  de  “prosseguir  para  a  perfeição...” 
EU   DISSE   NADA ! ! !

Você  é  mais  que  vencedor  ! Sua  vitória  sobre  tudo  e  todos  já  está  predestinada  !

Profetize  isso  em  sua  vida  !  Creia  nisso  !  Confesse  isso  !   LEMBRE - SE:

“Nós, porém, “NÃO  SOMOS”  daqueles  que  retrocedem  para  a  perdição, mas  “DAQUELES   QUE   CRÊEM”   para  a  conservação  da  alma...”
 ( Heb. 10: 39 )

 

*** VOCÊ   FOI   PREDESTINADO   PARA   VENCER  ! ! ! 
NÃO  DESISTA  NUNCA  !  ***

 

Não  permita  que  nenhuma  fortaleza  diabólica  te  “afaste”  do  Deus  vivo...
Necessitais  de  perseverança, para  que  depois  de  haverdes  feito  a  vontade  de  Deus , alcanceis  a  promessa...   ( Heb. 10: 36 )

*  DESTRUA  TODAS  E  QUAISQUER  FORTALEZA  QUE  ESTIVER  EM  SUA  MENTE   COM   O   PODER   DA   PALAVRA  DE   DEUS... 
Confesse  a  Palavra  em  sua vida !

*  DESTRUA   AS   FORTALEZAS  CONFESSANDO  DIARIAMENTE  A  PALAVRA   DE   DEUS   EM   SUA   VIDA...

*   NÃO  PERMITA  QUE  UMA  FORTALEZA  FIQUE  “ALOJADA”  EM  SUA   MENTE... D E S T R U  -  A   !  !  !

* NÃO  ALIMENTE  MAUS  PENSAMENTOS  !

NÃO ALIMENTE PENSAMENTOS CONTRÁRIOS À PALAVRA DE DEUS...

* PRIMEIRO VEM UM PENSAMENTO... DEPOIS VIRÁ UMA FORTALEZA...
E   ENTÃO    UMA  “BOLA  DE  NEVE”