O Ministério de Paulo

O MINISTÉRIO DE PAULO


  --- Nesta  apostila, estudaremos  a  “essência”  do  chamado  de  Paulo,  como  apóstolo  dos  gentios. Veremos  também  sobre  os  “três”  ministérios  que  Paulo atuou :

  1 ) Entre  os  judeus

2 ) Entre  os  reis

3 ) E  entre  os  gentios... 

 Veremos  a  Eleição  e  a  Predestinação  na  vida  de  Paulo, como  cumprimento  de  um  “PROPÓSITO”  de  Deus :

 “Eu  sei  que  TUDO  PODES, e  que  NENHUM  DOS  TEUS  PLANOS  PODE  SER  IMPEDIDO...”   
( Jó  42: 2 )

--- O  Deus  de  Abraão, Isaque  e  Jacó, é  um  Deus  Soberano.  Ele  disse  a  Abraão  que é o  “EL  SHADAY”( O TODO  PODEROSO ):

 “Quando   Abrão   tinha   noventa   e   nove   anos   de  idade,  apareceu-lhe   o   Senhor   e   lhe   disse :EU SOU O DEUS TODO PODEROSO;anda  na  Minha  presença  e  sê  perfeito...” ( Gên. 17: 1 )

Deus, por  ser  Soberano, tem  “DESÍGNIOS”, cujo  mesmos  são  realizados  à  risca : 

“Eu anuncio o fim desde o princípio, desde a Antigüidade as coisas que ainda não sucederam.  Eu digo : O Meu PROPÓSITO subsistirá,e FAREI TODA a Minha  vontade...” (Isa. 46: 10)

 

“Edificando sua vida em  Graça,
apóstolo  Marcos  Gomes”

 

 


* O  MINISTÉRIO DE  PAULO *
(PARTE 1)

 

---  A  minha  oração, é  para  que  Deus  lhe  dê  “olhos  iluminados”, ou  seja, olhos  espirituais  aptos  para  discernir  as  “coisas  excelentes”, os  mistérios  de  Deus  que   não   se   aprendem   com   os   homens,  ou   em   uma   escola,  mas  tão  somente  POR  REVELAÇÃO, apenas  comparando  coisas  espirituais  com  as  espirituais...

 “Disto  também  falamos, NÃO  COM  PALAVRAS  DE  SABEDORIA  HUMANA, 
mas  com  as  palavras  que  o  Espírito  Santo  ensina...”
( I  Cor. 2: 13 )

A  “revelação  da  Palavra  de  Deus”  é  dada  quando  comparamos  coisas  espirituais  com  espirituais.  Por  isso  que  Jesus  disse :

“Quem   crê   em   Mim,  como   diz   a   Escritura,
do   seu   interior   fluirão   rios   de   água   viva...”
( Jo. 7: 38 )

 Creiamos  como  está  escrito  !  Deus  disse :

 “Eu,  o   Senhor,  te   chamei   em   retidão;  Eu   te   tomarei   pela   mão.
Eu    te    guardarei,   e    te    darei    por    aliança    do    povo,
e    PARA    LUZ    DOS    GENTIOS...”       
( Isa. 42: 6 )

Concluímos  pois, que  Deus  estava  falando  e  profetizando  a  respeito  de  Paulo.
Pois   Paulo   disse :   

“Pois  assim  nos  ordenou  o  Senhor :   Eu  te  pus  PARA  LUZ  DOS  GENTIOS,
a  fim  de  que  sejas  para  salvação  até  os  confins  da  terra...”
   ( Atos  13: 47 )

 { Paulo  estava  citando  Isaías  42: 6 }

Paulo  tinha  DISCERNIDO ( entendido  espiritualmente )  que  era  a  seu   respeito    que  Deus  tinha  falado  “séculos  antes  d’ele  nascer”, pela  boca  do  profeta  Isaías... Nisto  vemos  a  “ELEIÇÃO” ( a  escolha  Soberana  de  Deus )  e  a  “PREDESTINAÇÃO”  ( o  que  tinha  sido  DETERMINADO  por  Deus ), conforme   Paulo   mesmo   confirmou   em   sua   vida :     

“Mas  quando  aprouve  a  Deus, que  “DESDE  O  VENTRE”  de  minha  mãe
ME  SEPAROU,   e   ME  CHAMOU  pela  Sua  Graça....”
  ( Gál. 1: 15 )

Paulo  entendeu  que  da  forma  que  Moisés, Jeremias, Davi, Ezequias, Daniel, Elias  e  muitos  outros... foram  ESCOLHIDOS  e  SEPARADOS  por  Deus  com  uma  MISSÃO   ESPECÍFICA, assim  também  tinha  sido  com  ele...

P.S. ( Como  eu, também  entendi  isso  em  minha  vida. Fui  ENVIADO  por  Deus  com  uma  MISSÃO...Glória  a  Deus, DISCERNI  ISSO  em Março de 1.997 pelo Espírito...) 

Paulo, como  os  outros ( e  também  comigo... ) foi  “SEPARADO  e  CHAMADO”. 
É  Deus  quem  SEPARA !  É  Deus  quem  CHAMA  !

“...os  dons  e  a  vocação  de  Deus  SÃO  IRREVOGÁVEIS...”  
( Rom. 11: 29 )

Primeiro  Deus  faz  as  promessas. Perceba ! Em  Isaías  42 : 6   fala  sobre  essas  promessas  ministeriais :  ( DEUS  DISSE : )

1 )  EU  TE  TOMAREI  PELA  MÃO  !

2 )  EU  TE  GUARDAREI  !

3 )  EU  TE  DAREI  POR  ALIANÇA  DO  POVO  !

4 )  EU  TE  DAREI  PARA  LUZ  DOS  GENTIOS  !


COMO  ESTÁ  ESCRITO !

“Fiel  é  o  que  vos  chama, o  qual  também  o  fará....”   
( I  Tes. 5: 24 )

“...fiel  é  Aquele  que  fez  as  promessas...”    
( Heb. 10: 23b )

 Já  estava  profetizado, já  estava  predestinado, mas  tudo  começou  quando....

  “Saulo, respirando  ainda  ameaças  e  mortes  contra  os  discípulos  do  Senhor,  dirigiu-se  ao  sumo  sacerdote, e  pediu-lhe  cartas  para  as  sinagogas  de  Damasco, a  fim  de  que, 
se  encontrasse  alguns  “daquela  seita”, quer  homens  quer  mulheres, os  conduzisse  presos  a  Jerusalém. Aproximando-se  Saulo  de  Damasco, na  sua  viagem, subitamente  o  cercou  um  resplendor  de  luz  do  céu. E, caindo  por  terra, ouviu  uma  voz  que  lhe  dizia:
Saulo, Saulo, por  que  me  persegues  ? Ele  disse:  Quem  és  Senhor ? Respondeu  o  Senhor : Eu  sou  Jesus, a  quem  tu  persegues.Agora  levanta-te, e  entra  na  cidade.  
Lá  te  será  dito  o  que  te  convém  fazer...
Os  homens  que  iam  com  ele  pararam  espantados, ouvindo  a  voz, mas  não  vendo  a  ninguém... Saulo  levantou-se  da  terra  e, abrindo  os  olhos  não  via  coisa  alguma .
Guiando-o  pela  mão, conduziram-no  para  Damasco.
Esteve  três  dias  sem  ver, e  não  comeu  nem  bebeu.Havia  em  Damasco  um  discípulo  chamado  Ananias. Disse-lhe  o  Senhor, em  uma  visão :  Ananias !  Ele  respondeu :  
Eis-me  aqui, Senhor . Disse-lhe  o  Senhor :  Levanta-te, e  vai  à  rua  chamada  Direita, 
e  pergunta  em  casa  de  Judas  por  um  homem  de  Tarso  chamado  Saulo, pois  ele  está  orando...  Numa  visão  ele  viu  que  entrava  um  homem  chamado  Ananias,
e  punha  sobre  ele  a  mão, para  que  tornasse  a  ver... 
Respondeu  Ananias :  Senhor, a  muitos  ouvi  acerca  deste  homem, quantos  males  tem  feito  aos  teus  santos  em  Jerusalém. E  aqui  tem  poder  dos  principais  sacerdotes  para  prender  a  todos  os  que invocam  o  teu  nome . Disse-lhe, porém, o  Senhor :
Vai   !   Este   é   para   mim   um   vaso   escolhido, para  levar  o  meu  nome  perante  
os  gentios, os  reis  e  os  filhos  de  Israel. 
E  eu  lhe mostrarei  o  quanto  deve  padecer  pelo  meu  nome...”  
( Atos  9: 1 a 16 )

Aqui  está  como  tudo  começou. Saulo  que  era....

Circuncidado  ao  oitavo  dia, da  linhagem  de  Israel, da  tribo  de  Benjamim, hebreu  de  hebreus; segundo  a  lei, fariseu; segundo  o  zelo, perseguidor  da  igreja; 
segundo  a  justiça  que  há  na  lei, irrepreensível...”
( Filip. 3: 5,6 )

Ele  mesmo  disse:  “E  na  minha  nação  excedia  em  Judaísmo  a  muitos  da  minha  idade, sendo  “extremamente  zeloso”  das  tradições  de  meus  pais...” ( Gál. 1: 14 )

De  repente, um  homem  que  “ERA”  fariseu, perseguidor  da  igreja; um  homem  que  “excedia”  em  Judaísmo, que  era  “extremamente”  zeloso  das  tradições  Mosaicas   e  Judaicas, chegou ao  ponto ( depois  dessa  “EXPERIÊNCIA  ESPIRITUAL” ) de  dizer :

“Dou   graças   Àquele   que   me   fortaleceu,  a   Cristo   Jesus   nosso   Senhor,
porque  me  considerou  fiel, pondo-me  no  Seu  ministério, a  mim  que  outrora  fui  blasfemo  e    perseguidor    e    injuriador;   mas    alcancei    misericórdia,
porque  O  FIZ  IGNORANTEMENTE, na  incredulidade...”
   ( I Timó. 1: 12,13 )

---  As  pessoas ( que  não  tem  a  revelação  da  Graça... )  não  entendem  porque  em  Graça   não   se   faz   “batismo   em   água”. Dizem :  Mas   Paulo   “foi   batizado”  ! 

 { Sim, e  vou  te  explicar  por que : Em  Atos  9  Saulo  teve  aquele  “encontro”  com  o  Senhor  no  caminho  de  Damasco.  No  verso  11  e  12  o  Senhor  disse  a  Ananias  o  que  ele  teria  que  fazer.  O  Senhor  “NÃO  MANDOU”  Ananias  batizar  Saulo  no  verso  18. Então  por que  Saulo  foi  batizado  ?  Porque  em  Atos  9  ainda  não  havia  a  sã  doutrina, pois  esta  seria  dada  à  Paulo  “muitos  anos” depois. Paulo  não  sabia  nada  sobre  a  Nova  Aliança  em  Cristo, Ananias  era  um  judeu, que  vivia  debaixo  do  judaísmo. Saulo  foi  batizado  porque  Ananais  “IMPUTOU”  o  judaísmo  simbólico   nele, ao  recuperar  a  sua visão. Entendemos  assim, pois  no  verso  19  vemos  Saulo  com  os  “discípulos”  ( judeus )  na  sinagoga... * Alguns  falam  assim :   --- Mas  Atos  9  já  era  Nova  Aliança  ! Sim, eu  sei.  Mas  não  havia  apostolado. Não  havia  a  sã  doutrina. O  que  havia  era  uma  igreja  cristã  judaica, primitiva  em  suas  doutrinas, não  havia  “fundamentos”  sólidos, uma igreja fundada por  aqueles  que  conheciam a Cristo  segundo  a  carne. }

TAMBÉM  DIZEM:    --- Mas  Paulo  em  Atos  16  batizou  o  carcereiro  e  toda  a  sua  família ( verso  33 ).  E  em  Atos  19  também  batizou  alguns  discípulos ( judeus )  no  verso  5.

{ Sim, eu  sei.  Em  Atos  16  e  19  Paulo  ainda  estava  operando  no  ministério  entre  os  judeus. Ele  mesmo  disse  que  se  fez  de  judeu  para  ganhar  os  judeus... Mais  tarde, 
nas  cartas  apostólicas ( cartas  destinadas  à  Igreja, trazendo os  fundamentos  da  Nova  Aliança... ) }

Paulo  “REVOGOU”  ( Filip. 3: 6,7 ) o  ministério  judaico  e  disse  aos  gentios : 

“Dou  graças  a  Deus  porque  “A  NENHUM  DE  VÓS  BATIZEI”,
senão  a  Crispo  e  a  Gaio ( enquanto  no  ministério  entre  os  judeus – em  Atos ),
para  que  ninguém  diga  que  fostes  batizados  em  meu  nome... Batizei também  a  família  de  Estéfanas; além  destes, não  sei  se  batizei  algum  outro. 
POIS CRISTO  ENVIOU-ME, NÃO PARA  BATIZAR... ( Paulo  “reconheceu”  e  “entendeu”  que  em  Cristo  o  “batismo  em  águas”  estava  errado, pois  anulava  a  Graça  de  Deus  pelo  “batismo  em  Cristo”, que  foi  na  cruz – pela  morte  e  ressurreição  de  Jesus  Cristo – na  verdade  a  palavra  “BATISMO”  quer  dizer  morte  e  ressurreição, 
e  em  Rom. 6: 3,4  diz  que  já  morremos  com  Cristo  e  que  fomos  sepultados  com  ele; 
e  em  Efés. 2: 6  diz  que  Cristo  nos  ressuscitou  juntamente   com   ele...  de   forma   que   “JÁ   SE   CUMPRIU”, “JÁ   ESTÁ   CONSUMADO”  o  batismo  da  salvação, que  não  é  simbólico  em  águas, É   FATO   CONSUMADO   na   cruz,  em  Cristo,  o  nosso  Senhor, como  está  escrito : “...um  só  batismo...” – Efés. 4: 5 ) ...MAS   PARA   EVANGELIZAR; NÃO   COM   SABEDORIA   DE   PALAVRAS, PARA   QUE   A   CRUZ  DE  CRISTO  NÃO  SE  FAÇA  VÃ...”  ( I  Cor. 1: 14 a 17 )

Vemos  “NITIDAMENTE”  em  Atos  9: 15, que  Paulo  teve  três  ministérios :
Entre  os  judeus ( colocando  na  devida  ordem... ), entre  os  reis, e  entre  os  gentios.

 

 

 


PAULO  ENTRE  OS  JUDEUS :

Primeiro,  Paulo   começou   o   seu   ministério   pregando   aos   judeus :


“Esteve  ( Saulo )  alguns   dias   com   os   discípulos   em   Damasco.   
E  logo  “nas  sinagogas”, pregava  que  Jesus  era  o  Filho  de  Deus.   
E  todos ( os  judeus )  os  que  ouviam  estavam  espantados, e  diziam:   
Não  é  este  o  que  “em  Jerusalém”  perseguia  os  que  invocava  este  nome,  
e para isso veio  aqui, com  o  fim  de  os  levar  presos  aos  principais  sacerdotes  ?  
Saulo, porém, se  esforçava  muito  mais, e  confundia  OS  JUDEUS  que  habitavam  em  Damasco, provando  que  Jesus  era  o  Cristo...” 
  ( Atos 9: 19 a 22 )

---  Aqui  está  uma  das  evidências  bíblicas  que  Paulo  teve  um  ministério  entre  os  judeus,  na   verdade,  seu   primeiro   ministério   ao   ouvir   à   voz   de   Deus... O  ministério  judaico  foi  onde  tudo  começou, por  isso  que  no  livro  de  Atos  AINDA   encontramos   Paulo   vivendo   e   até   praticando,  aquilo   que   hoje, para  nós  sabemos  ser  rudimentos  judaicos, desnecessários  á  salvação  e  á  vida  cristã...

OBS:  ( Nunca  se  esquecendo  que  a  “Primeira  Igreja  Cristã  era  Judaica”,  isto  é,   
uma   igreja  constituída  de  judeus, também  conhecida  como  a  “Igreja  primitiva”.   
Uma  igreja  cheia  de  ritos, simbologias, rudimentos, enfim, uma  igreja  que  “misturava”  Cristianismo  com  Judaísmo – ver  Atos  15: 1 a 5  /  Gál. 2: 13 a 17 )   

{ Ainda  no   ministério   judaico... }   

“Servindo  eles  ao  Senhor, e  jejuando, disse  o  Espírito  Santo:  
Separai-me  a  Barnabé  e  a  Saulo  para  a  obra  a  que  os  tenho  chamado.  
Então, depois  de  jejuarem  e  orarem, puseram  sobre  eles  as  mãos, e  os  despediram. 
Assim estes, enviados  pelo  Espírito  Santo, desceram  a  Selêucia, e  dali  navegaram  para Chipre.  
Chegados a Salamina, anunciavam a palavra de Deus NAS  SINAGOGAS  DOS  JUDEUS, 
e  tinham  também  a  João  como  auxiliar...”   
( Atos 13: 2 a 5 )

Perceba  que  ainda  PERMANECE  o  ministério  de  Paulo  entre  os  judeus :

“Quando  Paulo  e  Barnabé  iam  saindo  da  SINAGOGA, o  povo ( judeu )  
rogou  que  no  sábado  seguinte  lhes  dissessem  as  mesmas  coisas.  
E, despedida  a  sinagoga, muitos  dos  JUDEUS  e  dos  prosélitos  ( adeptos ) devotos  seguiram  a  Paulo  e  Barnabé, os  quais, falando-lhes, exortavam-nos  a  que  permanecessem  na  Graça  de  Deus. No sábado seguinte reuniu-se quase toda a cidade 
para ouvir a palavra  de Deus. Então  os  JUDEUS, vendo  a  multidão, encheram-se  de  inveja, 
e, blasfemando  contradiziam  o  que  Paulo  falava.  Mas  Paulo  e  Barnabé, usando  de  ousadia, disseram : Era  necessário  que  a  vós  ( OS  JUDEUS ) se  pregasse  primeiro  a  palavra  de  Deus. Mas  visto  que  a  rejeitais, e  não  vos  julgais  dignos  da  vida  eterna, 
voltamo-nos  para  OS   GENTIOS...”   ( Atos 13: 42  a  46 )

Já  podemos  perceber  Paulo  dando  suas  primeiras  palavras  que  iria  para  os  gentios. 
Isso  teria  que  acontecer, para  que  se  cumprisse  o  que  o  Senhor  disse  em  Atos  9: 15.

“OS  GENTIOS,  ouvindo  isto, alegraram-se, e  glorificavam  a  palavra  do  Senhor;   
e  creram  TODOS  OS  QUE  HAVIAM  SIDO  DESTINADOS  
PARA  A  VIDA  ETERNA...”    ( Atos 13: 48 )

  “Voltando  eu  para  Jerusalém, quando  orava  no  templo, ACHEI-ME  EM  ÊXTASE,  
E  vi  aquele  que  me  dizia:  Vai, enviar-te-ei  para  longe, AOS  GENTIOS...”   
( Atos  22: 17, 21 )

“Logo  que  chegamos  a  Jerusalém, os  irmãos ( que  eram  judeus )  nos  receberam  com   alegria.  No   dia   seguinte   Paulo   foi   conosco   à   casa   de   Tiago, e   todos   os   anciãos    compareceram. Paulo saudou-os e  CONTOU  COM  DETALHES  o  que  POR  SEU  MINISTÉRIO  Deus  fizera  ENTRE  OS  GENTIOS...”
   ( Atos  21: 17 a 19 )

  * Facilmente  “percebemos”  dois  ministérios, entre  os  judeus  e  entre  os  gentios *

  “Acerca  de  ti  ( de  Paulo )  foram  informados ( os  judeus )  de  que  ensinas  
TODOS  OS  JUDEUS  que  estão  entre  OS  GENTIOS  a  se  apartarem  de  Moisés, dizendo   que   NÃO   DEVEM   circuncidar   seus   filhos,
NEM  ANDAR  SEGUNDO  OS  COSTUMES  DA  LEI...”  
  ( Atos  21: 21 )

 

---  Paulo  entre  os  judeus, para  ganhar  os  judeus, “viveu”  como  judeu.  
{ Alguns  “judeus  em  graça”   disseram  a  Paulo... }

  “Faze, pois, o  que  te  diremos:  temos  quatro  homens  que  fizeram  voto.  
Toma  estes  contigo, e  santifica-te  com  eles, e  faze  por  eles  os  gastos  para  que  
“rapem  a  cabeça”, e  todos  ( os  judeus  zelosos  da  lei )  ficarão  sabendo  que  nada  há  daquilo  de  que  foram  informados  acerca  de  ti, mas  que  também  tu  mesmo  andas  em  “obediência”  à  lei... Todavia, quanto  AOS  GENTIOS  QUE  TEM  CRIDO, já  escrevemos, dando  o  parecer  que  se  abstenham  do  que  é  sacrificado  aos  ídolos, do  sangue,  
do   que   é   sufocado   e   da   prostituição. No  dia  seguinte  Paulo, tomando  consigo  aqueles  homens, “purificou-se” com  eles. Então  entrou  no  templo, notificando  serem  já  cumpridos  os  dias  da  “purificação”, E  ficou  ali  até  se  oferecer  a  favor  de  cada  um  deles  a  oferta...”   
( Atos  21: 23 a 26 )

---  Aqui  está  um  dos  motivos  porque  Paulo  falou  :

“Embora  EU  SEJA  LIVRE  PARA  COM  TODOS,  
fiz-me  servo  de  todos  para  ganhar  ainda  mais...  
Fiz-me  como  judeu  PARA  OS  JUDEUS, PARA  GANHAR  OS  JUDEUS.   
Para  os  que  estão  debaixo  da  lei, COMO  SE  ESTIVESSE  DEBAIXO  DA  LEI,   
PARA  GANHAR  OS  QUE  ESTÃO  DEBAIXO  DA  LEI.   
Para   os  que  estão  sem  lei, COMO  SE  ESTIVESSE  SEM  LEI ( não  estando  sem  lei  para  com  Deus, mas  debaixo  da  lei  de  Cristo... ), PARA  GANHAR  OS  QUE  ESTÃO  SEM  LEI...  Fiz-me  fraco  PARA  COM  OS  FRACOS, PARA GANHAR OS FRACOS... Fiz-me TUDO para com TODOS, para por TODOS OS MEIOS chegar a salvar alguns...” 
   ( I Cor. 9: 19 a 22 )

---  Paulo  foi  sábio, foi  prudente, foi  paciente; andava  nas  “excelências  das  revelações”.  Andava    profeticamente   guiado   pelo   Espírito,  sempre   na   espera, na    dependência    da    direção    de    Deus...  andava    por    manifestação, e    não    por    “decisão...”  

  “Andemos   por   manifestação  profética   !”   Pois...

  “...se  sois  GUIADOS  PELO  ESPÍRITO  SANTO, não  estais  debaixo  da  lei...”   
( Gál. 5: 18 )

---  Sabemos   que   o   livro   de   Atos   não   é   um   livro   doutrinário,   
mas   um   “livro   histórico”.  Não   foi   escrito   “PARA   A”   igreja,  
apenas   “FALA  DA”   igreja,  e   igreja   judaica, a   primitiva.... Assim  também  é  a  bíblia. 
Ela  não  foi  escrita  “PARA  OS”  filhos  da  perdição, apenas  “FALA  DOS”  filhos  da  perdição... É  preciso  que  todos  os  que  estão  em  graça, entendam  essas  coisas  espirituais. O  livro  de  Atos  é  um  livro  “intermediário”  entre  o  fim  dos  costumes  e  rudimentos  da  lei, e  o  início  de  uma  vida  em  Cristo, não  mais  por  obras, mas  por  fé. Não mais "ordenanças”, mas  a  Sã  Doutrina...O  livro  de  Atos  é  um  livro  de  “transição”, de  mudanças  doutrinárias.... Por  isso  que  encontramos  “AINDA”  em  Atos  batismos, “ceia” (que  sabemos  ser  páscoa  judaica... ), jejuns, sacrifícios  e  outros  mais  rudimentos  que  a  sã  doutrina  em  Cristo  interpreta  como  DESNECESSÁRIOS...

“Em  Cristo  Jesus  NEM  A  CIRCUNCISÃO  NEM  A  INCIRCUNCISÃO    
tem  valor  algum, MAS  SIM  O  SER  UMA  NOVA  CRIATURA...”    
( Gál. 6: 15 )

“Pois  em  Cristo  Jesus  NEM  A  CIRCUNCISÃO  NEM  A  INCIRCUNCISÃO  tem  valor  algum... O  QUE  IMPORTA  É  A  FÉ  que  opera  pelo  amor...”   
( Gál. 5: 6 )

---  A  sã  doutrina  nos  mostra  quem  “EM   CRISTO”  os  rudimentos  da  lei,  
as  simbologias  e  os  ritos  judaicos  SÃO   DESNECESSÁRIOS...  

E   como   se   não   bastasse   ser   inútil,  leva   a   pessoa   a   viver   em   apostasia :

“Separados  estais  de  Cristo, VÓS  OS  QUE  VOS  JUSTIFICAIS  PELA  LEI;  
da   Graça   tendes   caído...”    ( Gál. 5: 4 )

  “Escutai  !  Eu  Paulo, vos  digo  que,  SE   VOS   DEIXARDES   CIRCUNCIDAR,   
Cristo   DE   NADA   VOS   APROVEITARÁ...” 
   ( Gál. 5: 2 )

---  Essas   “simbologias”,  esses   rudimentos,  essas   tradições   da   lei, além  de  serem  desnecessárias, não  podem  justificar  aqueles  que  prestam  o  culto : 

“É  evidente  que  PELA   LEI  ninguém  será  justificado, porque  o  justo  viverá  pela  fé  !” 
    ( Gál.  3: 11 )

E  ALÉM  DE  SEREM  DESNECESSÁRIAS, ANULAM  A  GRAÇA  DE  DEUS :   

“NÃO   ANULO   A   GRAÇA   DE   DEUS,  pois   se   a   justiça   provem   “da   lei”   
( dos  rudimentos  judaicos, das  ordenanças, das  tradições  Mosaicas... ),   
SEGUE-SE  QUE  CRISTO  MORREU  EM  VÃO....”
  ( Gál. 2: 21 )

Não  podemos  ANULAR  a  Graça  de  Deus  fazendo  “batismos, jejuns, subindo  nos  montes  para  “buscar”  a  Deus, fazendo  orações  de  joelhos  pagando  uma  penitência  para  receber  algo  de  Deus...” Nesta  Nova  Aliança  devemos  viver  por  fé, e  não  por  obras  da  lei, cuja  mesmas, só   tinham   “valor”   na   Antiga   Aliança,  pois   a   lei   SÓ  FOI  DADA  aos  judeus, e  NÓS  SOMOS  GENTIOS....  ( não – judeus )

 

PAULO ENTRE OS REIS:

 

O  segundo  ministério  de  Paulo  foi  entre  os  reis, e  os  governadores. Isso  não  quer  dizer  que  terminou  um  para  entrar  em  outro, isso  foi  simultaneamente, ao  passo  que  ia  vivendo  entre  os  judeus  também  operou  no  ministério  perante  as  autoridades  da  terra. Vejamos  isto :

* PAULO  PERANTE  GÁLIO:

"Sendo  Gálio  procônsul  da  Acaia, levantaram-se  os  judeus  de  comum  acordo  contra  Paulo, e  o  levaram  ao  tribunal, dizendo :  Este  persuade  os  homens  a  servir a  Deus  contra  a  lei. Quando  Paulo  estava  para  abrir  a  boca, disse  Gálio  aos  judeus :  Se  houvesse, ó  judeus, algum  agravo  ou  crime  enorme, com  razão  vos  ouviria, mas  visto  que  a  questão  é  de  palavras, de  nomes  e  da  vossa  lei, disso  cuidai  vós  mesmos. Eu  não  quero  ser  juiz  dessas  coisas.  E  expulsou-os  do  tribunal. Então  todos  agarraram  a  Sóstenes, 
chefe  da  sinagoga, e  o  espancaram  diante  do  tribunal.  Mas  Gálio  não  se  importava  com  nenhuma  destas  coisas...”  ( Atos 18: 12 a 17 )

* PAULO  PERANTE  FÉLIX:

"Cinco  dias  depois  o  sumo  sacerdote  Ananias  desceu  com  os  anciãos, e  certo  Tértulo, orador, os  quais  compareceram  perante  o  governador  contra  Paulo. Sendo  chamado, Tértulo  começou  a  acusá-lo, dizendo : Visto  como  por  ti  temos  tanta  paz, e  por  tua  prudência  se  fazem  a  este  povo  muitos  e  louváveis  serviços, sempre  e  em  todo  lugar, ó  excelentíssimo  Félix, com  todo  o  agradecimento  o  queremos  reconhecer. Mas,  para  que  não  te  detenha  muito, rogo-te  que, conforme  a  tua  eqüidade, nos   ouças   por   pouco   tempo.  
Temos  achado  que  este  homem  ( Paulo ) é  uma  peste, e  promotor  de  sedições  entre  todos  os  judeus, por  todo  o  mundo. Ele é  o  principal  defensor  da  seita  dos  nazarenos, e  até  intentou  profanar  o  templo; por  isso  o  prendemos, e  conforme  a  nossa   lei   o   quisemos   julgar... Mas, sobrevindo  o  comandante  Lísias, tirou-o  de  nossas  mãos  com  grande  violência, mandando  aos  seus  acusadores  que  viessem  a  ti; e, dele  tu  mesmo, examinando-o, 
poderás  entender  tudo  aquilo  de  que  o  acusamos. Os  judeus  também  o  acusavam, 
dizendo  serem  estas  coisas  assim. Paulo, porém, fazendo-lhe  o  governador  sinal  que  falasse, respondeu: Sei  que  já  vai  para  muitos  anos  que  desta  nação  és  juiz; de  sorte  que  com  melhor   ânimo   respondo   por   mim. Podes  facilmente  verificar  que  não  há  mais  de  doze  dias  que  subi  a  Jerusalém  para  adorar, e  não  me  acharam  no  templo  discutindo  com  alguém  nem  amotinando   o   povo,  quer   nas   sinagogas,  quer   na   cidade. Nem  tampouco  podem  provar  as  coisas  de  que  agora  me  acusam. Mas  confesso-te  isto:  que, conforme  o  Caminho  que  chamam  seita, assim  sirvo  ao  Deus  de  nossos  pais, crendo  tudo  o  que  está  escrito  na  lei  e  nos  profetas. Tendo  esperança  em  Deus, como  estes  mesmos  também  esperam, de  que  há  de  haver   ressurreição   tanto   dos   justos   como   dos   injustos.  
Por  isso  sempre  procuro  uma  consciência  sem  ofensa, tanto  para  com  Deus  como  para   com   os   homens. Ora, muitos  anos  depois, vim  trazer  à  minha  nação  esmolas  e  ofertas. Estando  eu  ocupado  nestas  coisas, me  acharam  já  purificado  no  templo,  
não em  ajuntamentos, nem  com  alvoroço, certos  judeus  da  Ásia, os  quais  convinha  que  comparecessem  perante  ti, e  me  acusassem, se   alguma   coisa   contra   mim   tivessem.  
Ou  digam  estes  mesmos, se  acharam  em  mim  alguma  iniqüidade, quando  compareci  perante  o  Sinédrio, a  não  ser  estas  palavras, que, estando  entre   eles, clamei:  Hoje  sou  julgado por  vós  acerca  da  ressurreição  dos  mortos.

Então  Félix, que  era  homem  bem  informado  acerca  do  Caminho, adiou  a  questão  dizendo :  Quando  o  comandante  Lísias  tiver  descido, tomarei  inteiro  conhecimento  da  vossa  causa. E  ordenou  ao  centurião  que  o  guardasse  na  prisão, tratando-o  com  brandura,  
e  que  a  ninguém  dos  seus  proibisse  servi-lo  ou  vir  ter  com  ele.  
Alguns  dias  depois, vindo  Félix  com  Drusila, sua  mulher, que  era  judia,  
mandou  chamar  a  Paulo, e  ouviu-o  acerca  da  fé  em  Cristo. E  discorrendo  ele  sobre  a  justiça, o  domínio  próprio  e  o  juízo  vindouro, Félix, apavorado, respondeu:  
Por  agora  vai-te, e  em  tendo  oportunidade  te  chamarei.  
Esperava  ao  mesmo  tempo  que  Paulo  lhe  desse  dinheiro, para  que  o  soltasse,  
pelo  que  também  muitas  vezes  o  mandava  chamar, e  falava  com  ele.  
Passado  dois  anos  Félix  teve  por  sucessor  a  Pôncio  Festo, mas  querendo  Félix  agradar  aos  judeus, deixou  a  Paulo  preso...”      ( Atos  24 )

 

Vejamos  ainda  na  Bíblia :

A )  PAULO  PERANTE  CÉSAR :   ( Atos  25: 1 a 12 )

B )  PAULO  PERANTE   O  REI  AGRIPA :   ( Atos  25: 13  a  27 )

C )  PAULO  TESTIFICA  PERANTE  O  REI  AGRIPA :   (Atos  26: 1 a 32)

---  E  agora  por  fim, o  último  e  definitivo  ministério  que  Paulo  teve,  que  foi  entre  os  gentios. Sabemos  que  o  chamado  que  Paulo  teve  não  foi  para  pregar  aos  judeus  ou  aos  reis, MAS  AOS  GENTIOS  !   
Paulo  também  pregou  aos  judeus  e  aos  reis, MAS  NÃO  FOI  CHAMADO  PARA  ISSO, foi  chamado  e  enviado  especificamente  aos  gentios....  { Ver:  Gál. 2: 7, 9  }

 

 

 

PAULO ENTRE OS GENTIOS:

 

---  Deus  prometeu  que  enviaria  UMA  PALAVRA  aos  gentios :

"Fui   buscado   DOS   QUE   NÃO   PERGUNTAVAM   POR   MIM,  
fui  achado   DAQUELES   QUE   NÃO   ME   BUSCAVAM...   
A   UM   POVO   QUE   NÃO   INVOCAVA   O   MEU   NOME   eu   disse :   
Eis-me   aqui,  eis-me   aqui  ! Estendi  as  mãos  o  dia  todo  a  um  povo  rebelde, que  caminha  por  caminho  que  não  é  bom, após  os  seus  próprios  pensamentos; povo  que  me  irrita  diante  da  minha  face  de  contínuo, sacrificando  em  jardins,  
e  queimando  incenso  sobre  altares  de  tijolos...” 
  ( Isa. 65: 1 3 )

“...no   lugar   onde   SE   LHES   DIZIA:   Vós   não   sois   meu   povo,   
SE  LHES  DIRÁ :  VÓS  ( OS  GENTIOS )  SOIS  FILHOS  DO  DEUS  VIVO...”   
( Osé. 1: 10 )

  “...SERÃO  CHAMADOS  O  POVO  SANTO, OS  REMIDOS  DO  SENHOR;   
e   tu   SERÁS   CHAMADA   A   PROCURADA,  a   cidade   desamparada...   
( Isa. 62: 12 )

---  Sim  !  Havia   UMA   PROFECIA   a   respeito   dos   gentios,  
cuja   mesma   SE   CUMPRIU   EM   CRISTO...  

A   SALVAÇÃO   PARA   OS   GENTIOS :

  Não  diga  o  estrangeiro  ( o  gentio ), que  se  houver  chegado  ao  Senhor :  
De  todo  me  apartará  o  Senhor  do  seu  povo. Nem  tampouco  diga :  
Eu  não  passo  de  uma  árvore  seca...
Aos  estrangeiros  ( aos  gentios ) que  se  chegarem  ao  Senhor  para  o  servirem,  
e  para  amarem  o  nome  do  Senhor, sendo  deste  modo  servos  seus...  
também  os  levarei  ao  meu  santo  monte, e  os  alegrarei  na  minha  casa  de  oração.  
Assim  diz  o  Senhor  Deus, que  ajunta  os  dispersos  de  Israel :
Ainda  ajuntarei  OUTROS  aos  que  já  se  lhe  ajuntaram...”  
( Isa. 56: 3 a 8 )

Como  disse  Pedro:  

“Antes  NÃO   ÉREIS   POVO,  MAS   AGORA   SOIS   POVO   de   Deus,  
antes   NÃO   TÍNHEIS   ALCANÇADO   MISERICÓRDIA,   
MAS   AGORA   ALCANÇASTES   MISERICÓRDIA...”  
  ( I  Pe. 2: 10 )

---  De  forma  que,  por  Eleição  e  Predestinação, os  gentios  foram  salvos  no  espírito,  
pela   Graça   de   Deus,   em   Cristo   Jesus... Os  gentios  foram  salvos  na  cruz  em  Cristo, quando  Jesus  morreu  e  ressuscitou, essa  revelação, esse  mistério  foi  pregado  e  ensinado  a  eles  depois  por  Paulo. 

COMO  TUDO  COMEÇOU:   ( Deus  deu  uma  visão  à  Pedro )

  “Tendo   fome,  quis   comer   e,  enquanto   preparavam   a   comida,  
SOBREVEIO-LHE   UM   ARREBATAMENTO   DE   SENTIDOS...   
Ele  viu  o  céu  aberto  e  um  vaso  que  descia, como  um  grande  lençol  atado  pelas  quatro   pontas,  e   vindo   para   a   terra.  
No  lençol  havia  de  todos  OS  ANIMAIS ( de  todos  os  povos, nações, tribos  e  línguas... )  quadrúpedes  e  répteis  da  terra, e  aves  do  céu.
Foi-lhe  dirigida  uma  voz:  Levanta-te, Pedro, mata ( vai  até  eles ) e  come  !  
( e  os  receba  como  Meu  povo ) Mas  Pedro  disse:  De  modo  nenhum,  Senhor  !   
NUNCA  COMI  COISA  ALGUMA  COMUM  E  IMUNDA  !  ( ...nós  os  judeus  não  nos  misturamos  com  os  estrangeiros, que  não  fazem  parte  do  teu  povo... )   
Segunda  vez  lhe  disse  a  voz :  NÃO  FAÇAS  TU  COMUM  AO  QUE  DEUS  PURIFICOU  ! (...pois  os  gentios  já  haviam  sidos  salvos, perdoados, justificados, santificados, “purificados”  em  Cristo, na  cruz... )     
( Atos  10: 15 )

“Entrando  Pedro, saiu  Cornélio  a  recebê-lo  e, prostrando-se  a  seus  pés, o  adorou .  
Mas  Pedro  o  levantou, dizendo:  Levanta-te, que  eu  também  sou  homem .  
Falando   com   ele,  entrou   e   achou   MUITOS   ( gentios )   
QUE   ALI   SE   HAVIA   AJUNTADO.    Disse-lhes :   
Vós    ( gentios )   bem    sabeis    que    não    é    lícito   ( segundo   a   lei )   
A   UM   JUDEU   ajuntar-se,  ou   chegar-se   a   ESTRANGEIROS  (  gentios  ).   
Mas  Deus  mostrou-me  que  a  NENHUM  HOMEM  ( gentio )  chame  comum  ou  imundo... Abrindo   Pedro   a   boca,  disse :   
NA  VERDADE  RECONHEÇO  QUE  DEUS  NÃO  FAZ  ACEPÇÃO  DE  PESSOAS...  mas   que    lhe   é   agradável   aquele   que, em   qualquer   nação,   
o   teme   e   faz   o   que  é   justo...” 
   ( Atos 10: 25  a  35 )

---  Deus  revelou  à  Pedro  que  “OS  GENTIOS”  eram  salvos  tanto  como  os  judeus, contanto  que  tivessem  sido  eleitos  e  predestinados  à  salvação...

“Dizendo  Pedro  ainda  estas  palavras,  
CAIU  O  ESPÍRITO  SANTO  SOBRE  TODOS  ( OS  GENTIOS )  os que ouviam... 
Os “fiéis” ( OS JUDEUS ) que eram da circuncisão ( do  Judaísmo ),  que  tinham  vindo  com  Pedro, maravilharam-se  de  que  o  dom  do  Espírito  Santo  se  derramasse  
TAMBÉM  SOBRE  OS  GENTIOS... pois  os  ouviam  FALAR   EM   LÍNGUAS,   
e  engrandecer  a  Deus...” 
   ( Atos 10: 44 a 46 )

Enquanto  isso, Paulo  ainda  estava  no  meio  dos  judeus. Até  que  chegou  o  tempo  de  Deus  em  sua  vida, e  então  começou  a discernir : 

“...visto  que  não  vos  julgais  dignos  da  vida  eterna,   
VOLTAMO-NOS  PARA  OS  GENTIOS... pois  assim  nos  ordenou  o  Senhor:   
Eu  te  pus  PARA  LUZ  DOS  GENTIOS, a  fim  de  que  sejas  para  a  salvação... 
os  gentios  ouvindo  isto, alegraram-se, e glorificavam  a  palavra  do  Senhor;  
e   CRERAM   TODOS   os   que   HAVIAM   SIDO   DESTINADOS   
PARA   A   VIDA   ETERNA...” 
    ( Atos  13: 46b  a  48  )

“Quando  Silas  e  Timóteo  desceram  da  Macedônia, Paulo  dedicou-se  exclusivamente  à  pregação, testificando  aos  judeus  que  Jesus  era  o  Cristo.  
Mas  resistindo  e  blasfemando  eles, sacudiu  ele ( Paulo )  as  vestes, e  disse-lhes:   
O  vosso  sangue  seja  sobre  a  vossa  cabeça !  
Eu   estou   limpo, e   DESDE   AGORA   VOU   PARA   OS   GENTIOS...”   
( Atos 18: 5,6 )

  “Paulo   saudou-os  ( os  judeus )  e   contou   com   detalhes   o   que  
POR  SEU  MINISTÉRIO  Deus  fizera  ENTRE  OS  GENTIOS...” 
  ( Atos 21: 19 )

·        O  Senhor  mesmo  lhe  disse :

“Eu   te   livrarei   deste   povo,  E   DOS   GENTIOS,   
A   QUEM   AGORA   TE   ENVIO...”   
  ( Atos  26: 17 )

E  ao  passo  que  ia  cada  vez  mais  discernindo  o  seu  chamado  aos  gentios,  
também  ia  dizendo  aos  judeus :

“Portanto,  quero   que   saibais   que   esta   salvação   de   Deus   
É  ENVIADA  AOS  GENTIOS,  E   ELES   OUVIRÃO...” 
  ( Atos  28: 28 )

{ Próximo  assunto :  As  cartas  apostólicas  destinadas  às  igrejas, aos  gentios... }


 

 

AS  CARTAS  APOSTÓLICAS: 
"A  SÃ  DOUTRINA"

   

---  É  na  sã  doutrina  que  encontramos  “A  PROVA”  de  que  Paulo  foi  “ENVIADO”  como  apóstolo  dos  gentios :  

“Paulo,  servo   de   Cristo   Jesus,  CHAMADO   PARA   SER   APÓSTOLO,   
SEPARADO   para   o   evangelho   de   Deus...
A   todos   os   AMADOS   de   Deus,  CHAMADOS   PARA   SER   SANTOS...   
Graça   e   paz...  CONVOSCO   FALO,  GENTIOS.   
E   enquanto   for   APÓSTOLO   DOS   GENTIOS, glorificarei   o   meu   ministério...” 
   ( Rom. 1: 1 e 7 -  11: 13 )

“Para  isto  FUI  DESIGNADO  PREGADOR  e  APÓSTOLO,   
MESTRE  DOS  GENTIOS  NA  FÉ  E  NA  VERDADE...”   
( I  Timó. 2: 7 )

É  nas  cartas  apostólicas  que  encontramos  a  Graça, o  evangelho  que  deve  ser  pregado  entre  os  gentios, o  mistério  de  Deus...  

“...Deus  quis  fazer  conhecer  quais  são  as  riquezas  da  glória  deste   
Mistério  entre  os  gentios, que  é  Cristo  em  vós, esperança  da  glória...”   
( Colos. 1: 27 )

A P O S T O L A D O :

{ A  GRAÇA  É  O  MISTÉRIO  DE  DEUS  ENTRE  NÓS, OS  GENTIOS... }

A  Graça, nos  revela  a  misericórdia  de  Deus  para  conosco, os  gentios  :

“Mas  AGORA  em  Cristo  Jesus, vós  que  ANTES  estáveis  longe,   
JÁ  pelo  sangue  de  Cristo  CHEGASTE   PERTO...”  
  ( Efés. 2: 13 )

Nas  cartas  apostólicas, Deus  mesmo, fala  diretamente  conosco ;

“Pois  é  PELA  GRAÇA  QUE  SOIS  SALVOS...” 
  ( Efés. 2: 8 )

HÁ  UMA  DIFERENÇA  ENTRE  A  “ESCRITA”  E  A  “INTERPRETAÇÃO”  :  

---  Não  foi  Deus  quem  escreveu  Efésios  2: 8  !  FOI   PAULO  !