Deus Não Quer Sacrifícios

DEUS NÃO QUER SACRIFÍCIOS.


O  FIM  DOS  RUDIMENTOS... 
                                                       
-----  Nesta  Nova  Aliança, Cristo  “RISCOU”  o  escrito  de  dívida  que  havia  contra  nós  nas  suas  “ORDENANÇAS”,
o  qual  nos  era  contrário, “TIROU-O  DO  MEIO  DE  NÓS”,           cravando-o  na  cruz....  ( Colos. 2: 14 )
 
“Se  estais  mortos  com  Cristo  quanto  AOS  RUDIMENTOS  do  mundo,
por  que   vos   sujeitais   AINDA   a   “ordenanças”,
como  se  vivêsseis  no  mundo...”  
( Colos. 2: 20 )
 
OBS:  ( A  tradição  religiosa  diz  que  o  “batismo” é  uma  ordenança  de  Jesus  para  nós....  ( ?!? ) Primeiro  que  NÃO  É,  FOI  ! 
E  não  PARA  NÓS, os  gentios, mas  para  os  judeus... )
 
De  modo  que  não  há  mais  nenhuma  “ordenança”  a  se  cumprir,   pois na Graça “O  JUSTO  VIVERÁ  POR  FÉ...”( Rom. 1:17 )
 
---  Nosso  apóstolo  de  fundação, Paulo,  deixou  um  dos  maiores  “sinais”  de  que, de  fato  e  de  verdade  estava  zeloso  de  nós  com  zelo  de  Deus... II Cor. 11: 2 , vejamos  :
 
 
* OS  PERIGO  ESPIRITUAIS :  
 
{ Pelo  que, “DEIXANDO  OS  ENSINOS”    elementares  da  doutrina  de  Cristo, “PROSSIGAMOS  PARA  A  PERFEIÇÃO  NÃO  LANÇANDO  DE  NOVO”  o  fundamento  do  arrependimento  de  OBRAS  MORTAS  e  da  fé  em  Deus,       “E  O  ENSINO  SOBRE  BATISMOS”  e  imposição  de  mãos,      e  sobre  a  ressurreição  dos  mortos   e  o  juízo  eterno,       isto  faremos  “SE”  Deus  permitir....”   Heb. 6: 1 a 3  }  
 
---  Está  explícito  na  bíblia  que  o  ensino  sobre  “batismos”  são  obras  mortas....  por  isso, “tende  cuidado  para  que  “ninguém”  vos  faça  presa  sua,
POR  MEIO  de  filosofias  e  vãs  sutilezas, SEGUNDO  A  TRADIÇÃO  DOS  HOMENS,                 segundo  OS  RUDIMENTOS  do  mundo, e  não  segundo  ( a  Graça ) Cristo....”  
                                                                                                            Colos. 2: 8
 
* Se você foi escolhido e predestinado por Deus, você entenderá tudo   perfeitamente sobre esse assunto....
 
Em  Graça, Apóstolo  Marcos  Gomes
(Junho de 2.002)
 
 
Antes "tarde" do que  nunca !
 
 
...depois de séculos e gerações, SÓ AGORA através da Graça e do Apostolado que  o  povo  de  Deus  está  descobrindo  que  na  verdade  
DEUS NÃO QUER SACRIFÍCIOS !   
 
A revelação plena da Graça ficou “oculta” por séculos e gerações (Colos. 1:26) ,
mas AGORA estamos no tempo da “plenitude dos gentios” (Rom. 11: 25), ou seja, estamos ouvindo o “soar da última trombeta” (I Cor. 15: 52),
 estamos ouvindo “a voz do arcanjo” (I Tes. 4: 16).
 
É preciso que todos tenham esse discernimento deste último tempo que estamos vivendo, estamos participando de um momento profético, estamos fazendo história na terra, aliás, estamos vivendo a terceira e última manifestação de Deus na terra !
Pois quem vive em graça (principalmente neste Ministério Profético e apostólico) já sabe e já ouviu do apóstolo que “ATÉ HOJE DEUS SÓ FALOU TRÊS VEZES !”
 
·        A 1A vez que Deus falou com a terra através de alguém  foi com de Moisés !
 
·         A 2a vez que Deus falou com a terra através de alguém foi com Paulo.                Esta  foi  a  SEGUNDA  trombeta(em termos gerais... Olhando para a Graça e o Apostolado,     foi  a  PRIMEIRA...)
 
·        A 3a e ÚLTIMA vez que Deus está falando é neste tempo que estamos vivendo, através do OUTRO, “o apóstolo de edificação”, aquele que Paulo disse que viria   para EDIFICAR sobre o FUNDAMENTO que ele mesmo tinha colocado, que é Cristo em nós, a esperança da glória ! A pregação e o ensino deste,  nada  mais  é  senão “o soar da ultima trombeta” que Paulo disse em I Cor. 15: 52 onde todos                   (os  eleitos  e  predestinados) seriam  TRANSFORMADOS...                  
 
É claro que ( “antes tarde do que nunca” ) é só uma “força de expressão”, pois na verdade sabemos que TUDO TEM O SEU TEMPO DETERMINADO (Ecles. 3: 1),  de modo que discernimos que esse momento, esse tempo em que estamos vivendo 
já  estava  DETERMINADO  por  Deus...
Aba Pai por estarmos vivendo este tempo, predestinado por Deus.   
* Assim como Deus “transformou” um povo através de Moisés, assim como Deus transformou um povo através de Paulo, assim também Deus está TRANSFORMANDO esta  geração  através  do  Outro.  Aba  Pai !
E  isso  é  um  mistério. Vivam  essa  revelação !
 
Igreja  em  Graça  Palavra  de  Deus
“Ministério GRAÇA e APOSTOLADO”
* Profeta e Apóstolo Marcos Gomes
 
O QUE ERA  x  O QUE É     
 
 
--- Uma coisa é O QUE ERA. Outra coisa totalmente diferente é O QUE É !
Quando lemos a Bíblia precisamos discernir esses mistérios. Pois caso contrário entraremos numa grande confusão, e por conseqüência em apostasia.
Esse é um dos maiores problemas das “igrejas”, dos “pastores e ministros” da lei.
Porque não discernem e nem separam o que era do que é. 
E como “separar” o que era do que é ? 
Por onde começar para SEPARAR essas duas coisas ?
A  resposta  é  simples  mas  OBJETIVA ! 
 
SEPARANDO AS ALIANÇAS ! 
SEPARANDO  A  VELHA  ALIANÇA  DA  NOVA  ALIANÇA !
 
Pois uma coisa foi a Velha Aliança, outra totalmente diferente é a Nova Aliança.
Quem não separar essas duas coisas diferentes uma da outra viverá em confusão.
Igrejas que “misturam tudo” vivem como que num inferno... Nunca chegam num acordo com as pessoas, nunca se harmonizam com as pessoas, não vivem em paz, aliás,
não sabem o que é ter paz...
 
A  PRIMEIRA  COISA  A  SE  FAZER  É  SEPARAR  AS  ALIANÇAS !
 
Quando  alguém  lhe  falar  algo  da  Bíblia, é  preciso  que  você  saiba
“EM  QUAL  ALIANÇA  SE  ENCONTRA  O  QUE  ESTÁ  SENDO  FALADO”
(...e  para  qual  povo  se  refere  tal  palavra...)
 
Pois se você “raciocinar” em linha com a Velha Aliança (ignorando que estamos debaixo de uma Nova Aliança – ver Romanos 6: 14) entrará em “profundas depressões”, e estará constantemente debaixo de “condenações”, pois:
 
 
“A Lei (a Velha Aliança) nunca  aperfeiçoou coisa alguma...”
(Heb. 7: 19)
 
De modo que:
 
   “Os que são das obras da lei estão debaixo da maldição...”  (Gál. 3: 10)
 
A Lei (A Velha Aliança)  é “ministério de morte” (II Cor. 3: 7).
A Lei é “ministério de condenação” (II Cor. 3: 9)
 
 
 
Paulo  nos  disse  que:
       “...à leitura da Antiga Aliança permanece o mesmo véu.”  (II Cor. 3: 14)
 
Por exemplo: 
 
A  Velha  Aliança  DIZIA  que  “todos  os  homens  eram  pecadores  diante  de  Deus”
(I Reis 8: 46 – Ecles. 7: 20), se você ler a Velha Aliança e começar a raciocinar em linha com a ela (quando você já está debaixo de uma Nova) sua mente entrará em confusão, quando na verdade esta Nova Aliança nos diz que “Jesus foi entregue por nossos pecados ,
e ressuscitou para a nossa justificação...” (Rom. 4: 25), a Nova Aliança nos diz:  “Considerai-vos mortos para o pecado...” (Rom. 6: 11), nos diz  que “Jesus perdoou todos os nossos pecados” (Colos. 2: 13), nos diz que “Jesus se manifestou para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo...”  (Heb. 9: 26), também nos diz que Deus nos prometeu:  “E jamais me lembrarei dos seus pecados e iniqüidades...” (Heb. 10: 17);
de modo que, quem pensar e raciocinar “em linha” com a Velha Aliança pensará que é um “pecador”  diante  de  Deus... quando na verdade já somos “novas  criaturas  em  Cristo” (II Cor. 5: 17) “criados em Cristo para as boas obras...” (Efés. 2: 10). ABA  PAI ! 
 
NÃO, não se pode “misturar” a Velha Aliança  com a  Nova Aliança, (porque se você fosse ao Japão não poderia viver como se estivesse no Brasil... No Japão a “lei” é outra, totalmente diferente das “leis” do Brasil...) senão você entrará em confusões e desentendimentos... (assim está o Sistema religioso com suas “denominações...”  A Bíblia diz uma coisa e os “pregadores” estão falando outra... e então o povo está em confusão... insatisfeito com as igrejas, desacreditados de tudo e de todos...)
 
E depois dizem :  --- Ah... A bíblia é muito complicada de se entender...
NÃO ! A Bíblia não é complicada de se entender. Os homens que não tem esse entendimento que eu estou te passando é que a complicam !
Não é porque uma palavra está escrita na Bíblia que é para ser vivida.
Não é porque uma palavra está escrita na Bíblia que é para você !
Na  Bíblia  há  duas  alianças.
Uma foi para os judeus e outra é para os gentios ! (Rom.11: 25 a 32)
E mesmo debaixo desta Nova Aliança “não é qualquer palavra” que é para nós os gentios.
A palavra de Deus para nós os gentios foi entregue somente ao apóstolo Paulo,
o apóstolo dos gentios... (Isa. 42: 6  -  Rom. 11: 13  -  I Timó. 2: 7)
De outro modo entrará em confusão, e nunca terá o perfeito entendimento da Palavra de Deus. O que você não pode de maneira nenhuma é “misturar” as doutrinas de Pedro, Tiago e João com a doutrina de Paulo, o apóstolo dos gentios... (veja Gál. 2: 7 e 9)
 
Você não pode MISTURAR as doutrinas !  ESSE  É  O  MISTÉRIO !
Se você “misturar” os ensinos de João com o de Paulo entrará em confusão, e pensará que a Bíblia entra em “contradição...”  (?!?)  Se você “misturar” os ensinos de Tiago com os ensinos de Paulo... se você “misturar” os ensinos de Pedro com os ensinos de Paulo, entrará em confusão, e pensará que a Bíblia está entrando em “contradição...” 
 
 
Isso é o que “a maioria” das pessoas pensam:
“QUE  A  BÍBLIA  ENTRA  EM  CONTRADIÇÃO.”    ( ------ )
Pensam  assim  porque  não  aprenderam  a  “separar”  as Alianças contidas na Bíblia,
não aprenderam a “separar” os povos (judeus e gentios), e muito menos aprenderam a “separar” as doutrinas de Pedro, Tiago e João com a DOUTRINA de Paulo... 
Se você entender que eles (Pedro, Tiago e João) foram “enviados” aos judeus (e que você é gentio...) você entenderá que os “ensinos” deles não é para você.
Pedro, Tiago  não escreveram para os gentios.    (Tia. 1: 1 – I Pe. 1: 1)
Já João, além de não ter sido enviado aos gentios escreveu “algo” totalmente contrário aos ensinos de Paulo. Paulo disse: “Ainda que tenhamos conhecido a Cristo segundo a carne (o Jesus de Nazaré, filho de José e Maria)contudo  AGORA  JÁ  NÃO  O CONHECEMOS   DESTE  MODO...”  (II Cor. 5: 16)
O que Paulo disse ?  Que não podemos “conhecer” (olhar) o Cristo-carne. Ou seja, Paulo não falava e nem ensinava sobre o “Cristo-carne”, mas sobre o Cristo-ressuscitado !
O que Paulo disse ?  Esqueça o Cristo-carne !  Ele ressuscitou, não está mais em carne !
Mas o que João fez ?  Não respeitou (como até hoje os “pregadores”, as igrejas e ministérios “evangélicos” não respeitam essa revelação...) o que Paulo disse.
E então João escreveu :
 
   “...o que OUVIMOS, o que VIMOS com os nossos olhos, o que CONTEMPLAMOS, e as nossas mãos tocaram, “ISTO”  PROCLAMAMOS...” (I Jo. 1: 1)
“...o  que  VIMOS  e  OUVIMOS,  “ISSO”  VOS  ANUNCIAMOS...”  (I Jo. 1: 3)
 
*** O que  João “proclamava” ?  O que João “anunciava” ? 
(veja que não sou eu que estou falando “contra” João... ele mesmo foi quem disse....)
 
Pelo que João disse, ele “proclamava e anunciava” o que ele tinha “ouvido,
visto e contemplado”, enfim, aquilo que “suas mãos” tocaram...
Era isso que ele “proclamava e anunciava”, ou seja, o “Cristo-carne” (Jesus de Nazaré),
que  Paulo  tinha dito em II Cor. 5: 16 que AGORA (nesta Nova Aliança) JÁ  NÃO  O CONHECEMOS  DESTE  MODO...
 
Ou seja, Paulo “proclamava e anunciava” sobre o Cristo ressuscitado, como é.
E João “proclamava e anunciava” sobre o “Cristo-carne”, como era...  (?!?)
 
De modo que, se você “misturar”  os ensinos de Paulo com os ensinos de João entrará em confusão... e não adiantará dizer que “a bíblia entra em contradição...”
É PRECISO QUE VOCÊ CREIA E RESPEITE ESSE ENTENDIMENTO ESPIRITUAL que estou te passando... como Paulo disse:
 
   “...pus eu o fundamento... e OUTRO  edifica sobre ele...” (I Cor. 3: 10)
 
*** PERMITA-ME  EDIFICAR SUA VIDA SOBRE O “FUNDAMENTO” que Paulo colocou.... Cristo, o Ressuscitado.
 
 
Entenda de uma vez por todas:
Pedro, Tiago e João, não foram “enviados” aos gentios.
 
SOMENTE  O  APÓSTOLO  PAULO  FOI  ENVIADO  AOS  GENTIOS !
 
Agora você entende porque Pedro, Tiago e João ensinavam “uma coisa” e Paulo ensinava “outra...”  Tiago e Pedro ensinavam (os judeus)  que eles precisavam “resistir” ao diabo
(I Pe. 5: 8 e 9 – Tia. 4: 7), enquanto que Paulo ensinava os gentios que o diabo tinha sido aniquilado (Heb. 2: 14).
Enquanto João ensinava os judeus que eles eram pecadores (I Jo. 1: 8 a 10), Paulo ensinava os gentios que Cristo tinha perdoado todos os nossos pecados (Colos. 2: 13) e que Jesus tinha ressuscitado para nos justificar (Rom. 4: 25).
 
* SE VOCÊ ENXERGAR ESSAS DIFERENÇAS JÁ VALEU EU TER NASCIDO ! 
 
Não, não é a Bíblia que entra em “contradição”, é o “Sistema Religioso” que não tem  a revelação e “nem respeita” a Palavra de Deus que diz claramente que “Pedro, Tiago e João” foram enviados os judeus, e que Paulo foi enviado aos gentios... (veja Gál. 2: 9)
( não me canso de falar isso... )
Quem “RESPEITAR”  esse entendimento (que é bíblico, profético e apostólico) nunca mais entrará em confusão... e uma paz inexplicável entrará em seu coração, tirando todo e quaisquer tipo de condenação da sua vida...
 
Esse é o princípio do genuíno e verídico entendimento das coisas de Deus.
Digo isso porque passei “longos 29 anos” da minha vida sem saber essas verdades.
E como a “maioria”, eu era mais um desenganado pelo Sistema e pelas “igrejas...”
Fui na maioria das “igrejas” existentes no Brasil, e o resumo era (e é...) o mesmo.
 
Não  mudava  nada, a única coisa “diferente” que havia (e que há...)  nas  igrejas  é          “o nome” das pessoas... Numa era “Carlos”, noutra “João”, em outra “Benedito”, Maria, Joana, e  etc... MAS O SISTEMA É O MESMO ! As tradições são as mesmas ! 
Os rudimentos são os mesmos !  E o pior:  A CONDENAÇÃO É A MESMA !
É o “assunto” diabo, inferno e pecado.  Aí estão “fundamentadas” as igrejas religiosas,
que não trazem proveito algum para os filhos de Deus, senão escravizá-los debaixo de suas campanhas e correntes de “libertação”,  que na verdade são de escravidão... 
 
*  Só  na  Graça  e  no  Apostolado  encontrei
a  verdadeira  e  genuína REVELAÇÃO  da  Palavra  de  Deus.
 
 
 
 
 
 
 
A verdadeira INTERPRETAÇÃO da Bíblia,  sem confusões, sem desentendimentos...  Exatamente como Paulo havia previsto:  “um mesmo modo de pensar, um mesmo amor, um mesmo ânimo, onde todos pensam a mesma  coisa...” (Filip. 2: 2), e assim é porque “fomos entregues a uma FORMA de doutrina... (Rom. 6: 17), a Graça e o Apostolado, para que obedeçamos a fé ! (Rom. 1: 5)  ABA  PAI ! (Rom. 8: 15)
 
É preciso que você saiba separar as Alianças, pois na Bíblia além de ter essas
“duas alianças” também fala sobre “dois povos”: Os judeus e Os gentios.
 
É como se você atendesse um telefonema para o seu vizinho, e de repente quisesse “resolver” os problemas dele...  Suas dívidas, seus processos na justiça, problemas com a família, o filho que está envolvido com drogas e etc... VOCÊ FICARIA MALUCO !
A verdade é que você não pode “atender telefonema” que não lhe diz respeito.
Você não pode e nem deve atender um telefonema que não é pra você !
 
E se chegar atender (sem querer...) CHAME o seu “vizinho”, CHAME  a pessoa certa !
Se a “ligação” não é pra você, não tente ser “curioso” e “intrometido” para entrar em “conversas” que não lhe diz respeito: TENHA  EDUCAÇÃO !  
 
Todo curioso entra em confusão e contendas.
E pior ainda, há curiosos “IGNORANTES”, que estão entrando em confusões de graça...
Se você aprender a “SEPARAR” as Alianças e os povos, nunca mais na sua vida terá confusões na sua mente sobre as coisas de Deus...
 
E pra isso, basta estar debaixo deste Apostolado, e então estarei “cumprindo bem o meu ministério” sobre você, te ensinando esses mistérios, e te levando a pastos verdejantes, pois o meu objetivo é ver você Reinar em vida, por meio de Cristo Jesus... (Rom. 5: 17)
 
Eu nasci para te ensinar esses mistérios ! Eu existo por tua causa !
Deus me colocou aqui por causa de vocês !   Deus me fez apóstolo por causa de vocês !
Não sou apóstolo por causa de mim, pois nem salário eu tenho (...despojei outras igrejas para vos servir... II Cor. 11: 8), mas por causa de vós outros.
 
“Estou zeloso de vós com zelo de Deus.
Tenho-vos preparado como uma virgem pura a um marido, a saber,
a Cristo... pois a uns pôs Deus na Igreja primeiramente apóstolos,
em segundo lugar profetas, em terceiro lugar mestres...”
(II Cor. 11: 2  -  I Cor. 12: 28)
 
Aprendam  através  do  Apostolado  que  vocês  recebem,
a  SEPARAR  as  Alianças  e  os  povos.
Aprendam a discernir as coisas QUE ERAM  x  as coisas QUE SÃO !
Aliás é o que estarei falando nas páginas a seguir... Aba Pai...     
 
 
 
O QUE FOI ABOLIDO 
x
O QUE PERMANECE
 
 
“O mandamento anterior é ABOLIDO por causa da sua fraqueza e inutilidade, pois  a  lei  NUNCA  aperfeiçoou  coisa  alguma...”
(Heb. 7: 18 e 19)
 
A lei foi “cancelada” (abolida) por causa da sua fraqueza e inutilidade. Isso quer dizer que todas as obras da lei, hoje nesta Nova Aliança não tem mais nenhum valor diante de Deus... Além de ter sido CANCELADA é preciso também que todos entendam que a lei NUNCA aperfeiçoou coisa alguma... e deste modo É INTRODUZIDA uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus...
 
A lei foi cancelada porque  “O Fim da lei é Cristo !”  (Rom. 10: 4)
 
E o que isso quer dizer ?  O que significa “o fim” da lei ?
SIGNIFICA o “fim das obras”.  O fim das “ordenanças e mandamentos”, o fim das “tradições”, o fim dos “rudimentos”, enfim, o fim das “obras mortas...”
O “fim da lei” quer dizer “o fim” (o término) das obras que se faziam na lei, na Antiga Aliança.  “O fim da lei é Cristo” significa que a lei “acabou, terminou” em Cristo.
* Quem chegou em Cristo não tem que cumprir as obras da lei, não tem que viver como se vivia na lei, não tem que falar como se falava na lei, não tem que orar como se orava na lei, não tem que pensar como se pensavam na lei, não tem que “saudar” os irmãos como se saudavam na lei... 
 
E, nesta Nova Aliança muitas coisas foram abolidas para dar lugar a uma vida PELA FÉ em Cristo Jesus. Essa é a “novidade de vida” que Paulo falou em Romanos 6: 4. 
As obras da lei, nesta Nova Aliança deu lugar à vida pela fé !  As ordenanças e mandamentos deram lugar ao viver pela fé ! De modo que, é justificado hoje diante de Deus todo aquele que  crê... (Rom. 10: 4)
Paulo mesmo disse que “o homem não é justificado pelas obras da lei,
mas pela fé em Cristo Jesus... por isso também TEMOS CRIDO em Jesus Cristo para sermos justificados pela fé, e não pelas obras da lei,
porque  pelas  obras  da  lei  NINGUÉM  será  justificado...” (Gál. 2: 16)
 
Como entender as coisas que foram abolidas ?  ( Alguém diria... )
E como saber as coisas que permanecem ?
Vamos ler e estudar alguns textos ensinados por Paulo, nosso apóstolo...
 
Paulo disse que quando Jesus morreu na cruz ele “desfez  na  sua  carne  a  lei  dos mandamentos, que  consistia  em  ordenanças...”  (Efés. 2: 15) 
Pois “esses mandamentos e ordenanças nos era contrário...” (Colos. 2: 14)
 
Havia “uma lei” de mandamentos que se baseava em ordenanças:  Faz isso !  Faça aquilo !
Não faça isso ! Não faça aquilo outro !  Não toque ! Não manuseies ! e etc... e etc... etc...
Agora que estamos debaixo desta Nova Aliança, e não mais debaixo da lei, este Novo Testamento nos ensina que:
 
“...fomos batizados em Cristo Jesus, a saber, batizados na sua morte...”  (Rom. 6: 3)
 
De sorte que “...fomos sepultados com ele pelo batismo na morte...”
(Rom. 6: 4)
 
E então Paulo conclui:    “Se estamos MORTOS COM CRISTO quanto aos rudimentos do mundo, por que vos sujeitais  “ainda” a ordenanças como se vivêsseis no mundo, tais como: Não toques, não proves, não manuseies ?  Todas “essas coisas” estão fadadas ao desaparecimento pelo uso,
porque SÃO  BASEADAS em preceitos e ensinamentos dos homens...”    
                                                                                                  (Colos. 2: 20 a 22)
 
“Assim, meus  irmãos, também  VÓS  ESTAIS  MORTOS  PARA  A  LEI pelo corpo de Cristo...” (Rom. 7: 4)  pois  “Estamos  livres  da  lei, porque MORREMOS para aquilo em que estávamos retidos... a fim de servirmos a Deus em NOVIDADE DE ESPÍRITO, e não na velhice da letra...”  (Rom. 7: 6)
 
* APOSTOLADO:  { Você  percebe  que  a  Graça  fala  por  si  mesma ! 
Apenas “encaixei” alguns textos dando seqüência (mesmo com textos e livros diferentes...) à um perfeito entendimento espiritual...  Pois na verdade, o que Paulo disse para os Romanos, mesmo não escrevendo as “mesmas palavras” para os Colossesses, ou para os Gálatas ou ainda para os Efésios, isso não quer dizer de maneira alguma que ele trouxe “um ensino” ou “uma doutrina” para cada um deles...  Não, claro que não !
O Apostolado não é um versículo. O Apostolado não é uma carta para essa ou aquela igreja...
O APOSTOLADO É UM PERFEITO ENTENDIMENTO DA GRAÇA DE  DEUS como  um  todo... enfim, UMA  FORMA  DE  DOUTRINA... (Rom. 6: 17) }
Paulo não disse para os Filipenses que eles eram “salvos pela Graça por meio da fé”,
disse isso aos Efésios, e nem por isso os Filipenses, ou os Gálatas, ou os Coríntios não eram salvos pela Graça por meio da fé...
 
O perfeito entendimento é esse:  Está escrito em Efésios, primeiramente foi dito aos Efésios, mas na verdade TODOS os filhos de Deus (independente  de  raça, nação,
ou  língua...) são salvos pela Graça por meio da fé... pois isso é um Dom de Deus....  
 
E por Deus não fazer “acepção de pessoas”, fica claro e patente que não eram somente os Efésios que eram salvos pela Graça por meio da fé, pois o Dom de Deus não era e nem foi somente para eles, mas para todos os filhos de Deus...  ABA  PAI !
 
“O  Dom  gratuito  de  Deus  é  a  vida  eterna, em  Cristo  Jesus...”
(Rom. 6: 23)
 
Se Paulo fosse “repetir” tudo para os Filipenses, ou para os Tessalonicenses ou para qualquer outra igreja em graça, imaginem “o tamanho” de cada carta que ele deveria escrever...
De modo que o  APOSTOLADO  é  um  todo, de  tudo  o  que  Paulo  escreveu, independente de “para quem” foi escrito... O APOSTOLADO está em suas 14 cartas,
e é dali que encontramos a genuína Graça de Deus em Cristo Jesus, nosso Senhor...    
É dali que tiro minhas mensagens, pregações e ensinos. Ali é a fonte da plena revelação !
O que não encontro em Romanos, encontrarei em Gálatas, se não estiver em Gálatas estará em Colossenses, se não estiver em Colossenses ESTARÁ  NUMA  DAS  14  CARTAS que contém a revelação plena da Graça de Deus em Cristo, e do Apostolado de Paulo,
o  apóstolo  dos  gentios...
 
*** A  plena  revelação  da  Graça  de  Deus  SÓ  SE  ENCONTRA  em :
{ Romanos – I Corintios – II Coríntios – Gálatas – Efésios – Filipenses – Colossenses –
I Tessalonicenses – II Tessalonicenses e Hebreus  /  * Sendo 10 cartas às igrejas que já estavam em graça e debaixo do apostolado de Paulo  /   e  I Timóteo  –  II Timóteo – Tito e  Filemom  /  * 4 cartas ministeriais para aqueles que também estavam debaixo de seu apostolado }
 
OBS:  (Até encontramos parte da Graça nas 2 cartas de Pedro, mas algumas coisas tem que ser “peneirado”, pois ele foi enviado aos judeus...  e, por que ir atrás de “algo” que precisa ser “peneirado” se temos a REVELAÇÃO PLENA E PERFEITA com nosso apóstolo que de fato e de verdade foi enviado ESPECIFICAMENTE à nós, os gentios ?  Com Paulo não temos o que “peneirar”, pois ele foi o único em toda a  Bíblia que disse:
“A  VERDADE  DE  CRISTO  ESTÁ  EM  MIM  !”   II Cor. 11: 10)