Graça A Interpretação Apostólica

Graça - A Interpretação Apostólica.

 
 
 
“UM  PERFEITO ENTENDIMENTO” 
 
...a muito venho falando sobre o  “PERFEITO ENTENDIMENTO” que precisamos  manter em Graça, pois :
“ FALAMOS  SABEDORIA ENTRE OS PERFEITOS...”
(I Cor. 2: 6)
 
Ora, se falamos esse tipo de Sabedoria, então está claro que precisamos  MANTER um Perfeito Entendimento Espiritual : 
 
“...sejais cheios do PLENO  CONHECIMENTO  da  Sua vontade, 
em toda a Sabedoria e ENTENDIMENTO  ESPIRITUAL...”
(Colos. 1:9)
 
A oração de Paulo por nós surtiu efeito ! Glória a Deus !
Hoje, em  Graça, e  debaixo  do  Apostolado, temos  o  PLENO CONHECIMENTO  e  entendimento espiritual !
O QUE Paulo orou para que acontecesse no futuro, aconteceu  conosco !
Por isso, precisamos fazer “A MESMA” oração profética que Paulo fez por nós, por aqueles que hão de receber “AMANHÔ a  Graça  e  o  Apostolado...
Quando se recebe essas “DUAS DÁDIVAS” de Deus recebe-se também o  PLENO CONHECIMENTO  e  ENTENDIMENTO ESPIRITUAL !
 
--- À você que AINDA não vive em Graça, oro para que lhe seja dado  da  parte  de  Deus  essas  “DUAS  BÊNÇÃOS”, as  quais  sem  elas  seria  IMPOSSÍVEL  Reinar  em  vida....
 
“Ministrando o Apostolado, Marcos Gomes”
                                                                                                                                              Março de 2.001
 
 
“ANO  2.000,  O  MILÊNIO  DA  GRAÇA  E  DO  APOSTOLADO !”
 Declare  essa  Palavra  Profética !
 
                                                                  
 
 
“A  INTERPRETAÇÃO  
A P O S T Ó L I C A”
 
 
-- Quando falamos de “Interpretação Apostólica” estamos literalmente falando de como o nosso apóstolo interpretou  a Nova Aliança:       
 
“Acima  de  tudo, lembrai-vos  de  que  NENHUMA  PROFECIA  DA  ESCRITURA  
É  DE  PARTICULAR  INTERPRETAÇÃO...” 
(II Pe. 1: 20)
 
Pedro está dizendo o que ?  Que a Interpretação que Paulo nos trouxe não era algo humano, terreno, algo pessoal, ou segundo aquilo que “ele” achava...   
 
“Pois a profecia NUNCA FOI PRODUZIDA POR VONTADE DOS HOMENS, 
mas os homens santos da parte de Deus FALARAM MOVIDOS pelo Espírito Santo...” 
( II Pe. 1:21 )
 
Então, está  claro  que  sobre  o  que  vou  falar  NÃO  É  ALGO  PESSOAL ! 
Vou  falar  sobre  o  que  está  escrito  nas  “Escrituras”. 
Cabe  a  nós  acatar  e  crer  na  Palavra  do  Senhor. Não  se  esquecendo  de  que  SOMOS  GENTIOS, e que o “apóstolo dos gentios”, é Paulo (Rom. 11:13) 
Ou seja, em suas 14 cartas, encontramos a plena revelação da Graça de Deus em Cristo, 
de  forma  que  recebemos  o  seu  apostolado, aliás, SOMOS  O  SELO  do  apostolado  de  Paulo, no  Senhor...(I Cor. 9:2)
Estudaremos de perto o assunto: COMO SE INTERPRETA A GRAÇA ?
Já começa que a Graça faz parte de uma Nova Aliança, de um Novo Pacto, cujo mesmo foi  CONSAGRADO  pelo  sangue  do  Deus  vivo !  (Heb. 9:12)
Levando em conta que, um Ministério ou uma Igreja em Graça e debaixo do Apostolado, no mínimo, entenderá como Paulo entendia. 
Se um ministério ou uma igreja NÃO ENTENDE o que Paulo entendia, então é porque não está em Graça, e muito menos de baixo do Apostolado.  Pois  estar  em  Graça, é  receber  PLENAMENTE  tudo  o  que  Deus  fez  por  nós  em  Cristo, e  confessar com nossa boca o que cremos... (alguém diria: Mas isso é fácil !), SEM  FAZER  NENHUM TIPO DE OBRA DA  LEI com seus rudimentos e “ordenanças...”
(Alguém dirá:  Ah, isso é fácil !)  
E  no  nosso  dia  a  dia  encontramos  “pessoas,  pregadores,  igrejas  e  ministérios”  que  dizem :  
--- Nós  também  cremos  na  Graça !  Nós  também  “cremos”!  
Mas ao verificar de perto vemos eles falando para o povo: (Atos 15:5)
--- Olha, Domingo de manhã estaremos em “jejum” para nos consagrarmos ao Senhor.... pois à noite teremos a “santa” ceia...   (?!?)
Dizem:   --- Irmãos, vamos estar em oração e jejum esta semana, para que Deus abençoe os que vão “passar pelas águas” no Domingo...  (?!?) 
QUE   FIQUE   BEM   CLARO   E   PATENTE   EM   SEU   CORAÇÃO :
 * A genuína Graça e o genuíno Apostolado NÃO  TEM  NENHUM  tipo  de  rudimento, 
nem simbologias, e nem obras da lei !
Um Ministério ou Igreja, que está de fato e de verdade na Graça, e em graça,  e debaixo do Apostolado NÃO  TERÁ  nenhum  tipo  de  rudimento, ou ritual, ou cerimônias, ou simbologias....
Pois a Graça vive de uma IMAGEM  EXATA, e não de sombras ! (Heb. 10:1) 
Na Graça tudo é espiritual ! Pois a Graça é o Reino de Deus, dentro de nós ! (Luc. 17:21)
E, POR DENTRO, no espírito, estamos perfeitos ! (Filip. 3:15), fomos  aperfeiçoados  para  sempre ! (Heb. 10:14), fomos  santificados  de  uma  vez por  todas ! (Heb. 10:10) e etc... 
Por que  teríamos  que  “comer  alguma  coisa”,  ou  “beber  alguma  coisa”  para  a carne  se  no  espírito  já  estamos  perfeitos  e  aperfeiçoados  para  sempre ? ? ?
( QUEM  NA  FACE  DA  TERRA  IRÁ  ME  RESPONDER  A  ESSA  PERGUNTA ? )
Somos gentios, isto é, “estranhos e estrangeiros” às promessas de Deus, na Velha Aliança (Efés. 2: 12), e hoje, nesta Nova Aliança TUDO O QUE RECEBEMOS  DA  PARTE  DE  DEUS em Cristo, 
FOI  POR  GRAÇA, por  meio  da  fé ! (Efés. 2:8)
O que estou fazendo aqui é trazer a INTERPRETAÇÃO para se viver em Cristo neste Novo Pacto, que não foi feito por meio de sangue de touros e bezerros (Heb. 9:12), de forma que nesta Nova Aliança Deus já não quer mais sacrifícios ! (Heb. 10: 5 e 8), porque Ele nos predestinou para vivermos por fé ! (Habac. 2:4 – Heb. 10:38) 
Veremos agora ítem por ítem de como deve ser a GENUÍNA vida cristã, sou obrigado a fazer esse estudo porque “os que se dizem cristãos” mas que “fazem parte do Sistema Religioso”  não apregoam o Cristianismo, mas o Judaísmo.... e a Graça e o Apostolado NOS DEIXA CLARO que as igrejas que se denominam cristãs estão pregando e ensinando doutrinas anticristãs, mas que falam em linha com a Velha Aliança e a antiquada e ultrapassada religião judaica....  
A esse respeito, digo:
 “Dizendo  Nova  Aliança, Ele  tornou  ANTIQUADA  a  primeira.
Ora, aquilo  que  SE  TORNA   antiquado  e  envelhecido,
perto  está  de  DESAPARECER...”  
(Heb. 8:13)
 
O primeiro homem a ir ao terceiro céu, o paraíso,  e receber DIRETAMENTE de Deus a mensagem, 
a revelação COMPLETA desta Nova Aliança, foi  o  nosso  apóstolo  Paulo.
De modo que TUDO o que ele nos fala em suas catorze cartas JÁ ESTÁ INTERPRETADO  de  conformidade  com  a  vontade  de  Deus...
Vamos olhar de perto como Paulo, o apóstolo dos gentios, INTERPRETOU essa Nova Aliança, 
a Graça.  Aliás, sua interpretação FOI  O  FUNDAMENTO  que ele colocou e estabeleceu para sempre, o qual é Cristo em nós... 
 
 
 
O QUE É ESTAR  EM  CRISTO ?
 
A  GENUÍNA  INTERPRETAÇÃO  é  a  que  Paulo  nos  trouxe,
e não a que o “Sistema Religioso” a muito vem “imputando” nas leigas ovelhas do Senhor....  
O que para Paulo É  VERDADE, para  o  “Sistema”  É  MENTIRA !
E, o que para o “Sistema”  É  MENTIRA,  para Paulo É VERDADE !
De modo que há  uma INVERSÃO  de valores. Vivemos nos dias de hoje uma “inversão de valores” espirituais. O que para o “Sistema” é verdade, nós  sabemos  que  é  mentira, e que não passa de tradições e legalismo humano...
Sabemos que não podemos “acrescentar  ou  tirar”  alguma  coisa  da  palavra de Deus, como está escrito:  “...aprendais  a  NÃO IR ALÉM  do  que está escrito...”  (I Cor. 4:6)
--- Estar em Cristo NÃO  É  o que as igrejas dizem ser, senão o que Paulo nos disse: 
2 Cor. 5: 17 > “Portanto, se  alguém  ESTÁ  EM  CRISTO, nova  criatura  é;   
as  coisas  velhas  já passaram, tudo  se  fez  novo...” 
Estar em Cristo É ESTAR NESTA NOVA ALIANÇA, debaixo da jurisdição deste NOVO PACTO, consagrado pelo sangue do Deus vivo, Cristo Jesus.
Visto que, as ovelhas (se alguém...) que nascem nesta Nova Aliança, ou seja, DEPOIS  da  morte  e  ressurreição  de  Jesus, JÁ  NASCEM  (como Paulo disse) NOVAS  CRIATURAS, porque TUDO  SE  FEZ  NOVO.... 
Alguém (O Sistema) diria:  --- Mas isso não pode ser verdade !  Como que a pessoa já é nova criatura SE ela não SE  ARREPENDEU  dos  seus  pecados  ?
Como que a pessoa já é nova criatura  SE  ele NEM  SE  BATIZOU  nas  águas  ?
E  aí  vai  uma  RESPOSTA  EM  GRAÇA  para  as  PERGUNTAS  DA  LEI:
 ---- Isso é, e foi estabelecido  assim  por causa  DO  SANGUE  de  Jesus  Cristo  que  foi  derramado  na  cruz, DE UMA VEZ POR TODAS...
De modo que as “pessoas” (as ovelhas)  NÃO  PRECISAM  E  NEM  TEM  do  que  se  arrepender diante de Deus, pois quem NASCEU  DEPOIS da cruz (da morte e ressurreição) JÁ  NASCEU  RECONCILIADO  com  Deus, em Cristo Jesus :
2 Cor. 5: 18 >“E   tudo   isto   provém   de   Deus   que NOS  RECONCILIOU  CONSIGO  MESMO  por  Jesus  Cristo...” 
PERCEBA  que  não  fomos  reconciliados  porque  “aceitamos”  Jesus....
Não  fomos reconciliados porque fomos “batizados em águas...”
A BÍBLIA DIZ que fomos  reconciliados  POR  JESUS  CRISTO, isto quer dizer, através do Seu sacrifício por nós ! 
Como está escrito: 
“...porque  com  uma  só  oferta  NOS  APERFEIÇOOU  para  sempre...”
(Heb. 10:14)
 
E, mesmo sem se “batizar em águas” JÁ  SÃO  novas criaturas, porque  FORAM  BATIZADAS  EM  CRISTO ! 
“...fomos  batizados  em  Cristo  Jesus....”  
(Rom. 6:3)
 
“...fostes batizados em Cristo, vos revestistes de Cristo !” 
 (Gál. 3: 27)
 
“...tendo  sido  sepultados  em  ele  no  batismo (em Cristo),
nEle  também  ressurgistes  pela  fé  no  poder  de  Deus...”
(Colos. 2: 12)
 
 VOCÊ  ENTENDEU ?  Quem é ovelha, nesta Nova Aliança, não tem “pecados” para confessar diante de Deus, porque  os  nossos pecados foram TODOS perdoados em Cristo, na cruz ! 
“E a vós outros que estáveis mortos nos vossos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, VOS  VIVIFICOU (vos deu vida) juntamente com Ele, PERDOANDO-NOS todos os nossos delitos... havendo riscado o escrito de dívida que HAVIA (não há mais...) contra nós...”  (Colos. 2: 13 e 14)
 
“E JAMAIS me lembrarei dos seus pecados e das suas iniqüidades...”
(Heb. 10:17)
 
Então eu pergunto:   --- SE  Deus não se lembra (não imputa) dos pecados das ovelhas, que nesta Nova Aliança foram TODOS perdoados na cruz, em Cristo, como poderia eu falar para as ovelhas que elas precisam se “arrepender” de pecados  se  elas  JÁ  FORAM  reconciliadas e batizadas em Cristo Jesus  ? ? ?  ( Isso  seria  uma  “falsa”  interpretação... )
2  Cor. 5:19 > 
“...Deus estava em Cristo, reconciliando consigo mesmo “o mundo” (Okumene),
NÃO  IMPUTANDO  AOS  HOMENS  OS  SEUS  PECADOS...”  
E mesmo assim, alguém “insistiria” em  dizer : 
--- Mas apóstolo, Pedro em Atos 2: 38 mandou o povo se “arrepender e se batizar...” 
E eu respondo: --- Atos é um “livro histórico”.  Onde nos relata a história de uma “Igreja Primitiva”, cheia de rudimentos e de obras mortas...
O livro de Atos é um livro incompleto ! Não está terminado.
Quando  Pedro  mandou  que  o  povo  “se  arrependesse  e  se  batizasse”  ele NÃO ENTENDIA nada sobre a Graça e o Apostolado. 
Mais tarde Pedro conheceria a Graça através do apóstolo Paulo : 
“Depois  passados  três  anos, subi  a  Jerusalém  para  ver  a  Pedro,
e  fiquei  com  ele  quinze  dias...” 
(Gál. 1: 18)
 
Pedro recebeu a Graça através de Paulo !  E então MUDOU  a  sua  linguagem... 
“Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos estrangeiros da Dispersão, no  Ponto,
na Galácia, na Capadócia, na Ásia e na Bitínia, ELEITOS segundo a presciência de Deus Pai, NA SANTIFICAÇÃO DO ESPÍRITO, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo... Graça e Paz !”
(I Pe. 1: 1 e 2)
 
“Simão, Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente  preciosa  pela  justiça  do  nosso  Deus  e  Salvador  Jesus  Cristo : 
Graça  e  paz !”
(II Pe. 1: 1)
 
Glória a Deus ! Ele é Poderoso !  Em APENAS quinze dias Deus mudou o coração e a visão de Pedro, ao receber o apostolado através de Paulo.
Quando Pedro disse publicamente que era um apóstolo de Jesus Cristo ?
Aqueles “quinze dias” fizeram a transformação completa em sua vida...
Aquele Pedro que pregava “arrependimento e batismo em águas” AGORA está dizendo que A FÉ é alcançada “PELA  JUSTIÇA” do nosso Deus.... e  mais... CONFIRMOU que Jesus Cristo é o próprio Deus quando disse:  “...nosso  Deus  e  Salvador  Jesus  Cristo...”
Já não pregava mais “obras da lei e ordenanças judaicas”, falava que as ovelhas eram ELEITAS segundo a presciência (o que Deus já tinha previsto para o futuro) de Deus na SANTIFICAÇÃO  do Espírito... já não cria mais “em águas...”,  mas na ASPERSÃO (no derramar) DO SANGUE DE Jesus Cristo... A L E L U I A !
CLARAMENTE percebemos a mudança de linguagem de Pedro...
Aquele Pedro que lá em Atos mandou o povo se “arrepender e se batizar” AGORA  ao  receber a Graça já não falava mais isso...
Quando que Pedro em sua jornada com o Jesus de Nazaré usou a palavra “eleito” ?
Quando, no livro de Atos, ainda debaixo da lei, Pedro usou tal palavra ?
Mas, glória a Deus, naqueles abençoados quinze dias que Paulo esteve com Pedro foi tempo suficiente para apostolar aquele judeu que “pensava” que era cristão...
Paulo até precisou lhe repreender : 
“Mas quando vi que NÃO  ANDAVAM  CORRETAMENTE  CONFORME  A  VERDADE  DO  EVANGELHO(da  Graça), disse  a  Pedro, na  presença  de  todos:
Se  tu, sendo  judeu, vives  como  os  gentios, e  não  como  judeu, POR  QUE  OBRIGAS  OS  GENTIOS(por exemplo, Cornélio em Atos 10)a  viverem  como  judeus ?” 
(Gál. 2:14)
 
Mas  de fato  e  de  verdade, aqueles  “quinze  dias”  mudou  a  história  daquele “discípulo de Jesus”, e o fez um “apóstolo de Cristo...”
Eu me lembro quando TAMBÉM tive os meus “quinze dias” iniciais....
Foi o “pontapé” da Graça ! Como filho de um pastor do Sistema, um  dia, sem o mínimo de conhecimento (e por conseqüência não tinha a revelação...) a respeito da Graça, disse em voz alta, no meio da rua :
--- “Senhor !  Se  isso  é  de  Deus, eu  só  creio  SE  estiver  escrito !”
--- “Eu  só  crerei  SE  Deus  me  provar  na  Bíblia !” 
E para que se cumprisse a Palavra de Deus em minha vida (Colos. 1:25), por Predestinação e Soberania, não passou um mês e eu já estava em Graça recebendo a revelação DIRETAMENTE de Deus, assim como foi com Paulo... 
Lembro-me das “primeiras revelações” da Graça em minha vida...
O primeiro mistério que me foi revelado foi Efésios 1:4 : 
   “Pois  NOS  ELEGEU  NELE  ANTES  DA  FUNDAÇÃO  DO  MUNDO...” 
Pude entender nitidamente que “livre-arbítrio” não podia existir !
Não tinha coerência ter “livre-arbítrio” se Deus através Bíblia estava me dizendo que Ele tinha me “ESCOLHIDO” ANTES mesmo de eu nascer... ANTES mesmo da fundação do mundo... 
ANTES  dEle criar os céus e a terra....  
Lembro-me da primeira música em Graça que me foi revelada, seguindo essa interpretação de Efésios 1:4....  é  assim....
 
E S C O L H I D O S
(Letra e Música: Ap. Marcos Gomes)
 
“FOMOS  ESCOLHIDOS  POR  DEUS...  (Efés. 1:4)
CHAMADOS  PARA  O  SEU  LOUVOR... (Efés. 1: 6)
JUSTIFICADOS  PELA  FÉ  EM  JESUS... (Rom. 5:1)
PREDESTINADOS  À  UMA  ETERNA  REDENÇÃO... (Heb. 9:12)
                                                          (bis)
 
 
E  ASSIM,  COMO  ELEITOS  DE  DEUS... (Colos. 2: 12)
CUMPRINDO  A  VONTADE  DO  PAI.... (Rom. 12:2)
DECLARAMOS  QUE  JESUS  É  O  SENHOR.... (Filip. 2:11)
DECLARAMOS  QUE  JESUS  É  O  SENHOR ! 
                                                                (bis)
 
 
Estava começando uma nova história no Ministério, que até então, era conhecido como “Ministério  Palavra  de  Deus”.( Atos 6:4 )
Mas  em  Março  de  1.997  ao  recebermos  a  Graça  e  o  Apostolado FOMOS  PROMOVIDOS  por  Deus  para : 
“Ministério Profético e Apostólico Palavra de Deus”
(Efés. 2: 20)
 
OBS: (Saímos do “discipulado” para o “apostolado” – Aba Pai !)
 
Perceba que só foi acrescentado, estávamos subindo para um outro nível de entendimento espiritual, à perfeição em Cristo Jesus, sem nenhuma condenação, enfim, 
SEM  NENHUM  RUDIMENTO... 
 
 
 
 
 “O  QUE  É  SER  BATIZADO  
EM  CRISTO ?”
                                                                       
 
---  Seguindo  o  assunto  desta  apostila (A  Interpretação  Apostólica), vamos  falar  também  sobre  outros  Fundamentos  da  Graça.
A INTERPRETAÇÃO  APOSTÓLICA  é  o  Fundamento  que  o  apóstolo Paulo colocou de uma vez por todas. De modo que, para sabermos o que é certo ou errado, basta  consultar  a  “SÃ  DOUTRINA”, ou  as  catorze  cartas  escritas  por  Paulo, pois ali se encontra a perfeição doutrinária, a  perfeição  espiritual  diante  de  Deus, interpretada  em  Cristo  Jesus...
 
* GRAÇA :   A  PERFEIÇÃO  ESPIRITUAL  DIANTE  DE  DEUS !
 
“...santos  e  irrepreensíveis  diante  dEle....”  
(Efés. 1:4)
 
“...para perante Ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis...”
(Colos. 1: 22)
 
“...para  que  apresentemos  todo  homem  perfeito  em  Cristo...”
(Colos. 1: 28)
 
 
* Mas, o  que  é  ser  “batizado  em  Cristo”  ?
 
Batismo significa “morte  e  ressurreição”. 
De  modo  que  “os  que” foram  BATIZADOS  EM  CRISTO, 
 
a) já  morreram  com  Ele... 
 
{ “...ora, JÁ  MORREMOS  com  Cristo...” Rom. 6: 8   -
“...fomos  SEPULTADOS com  Ele  pelo  batismo  na  morte...” Rom. 6: 4 }
 
e  b) também  já  ressuscitaram  com  Ele...
 
{ “...nEle  também  RESSURGISTES  pela  fé...” Colos. 2: 12  - “...e  NOS  RESSUSCITOU  juntamente  com  Ele...” Efés. 2:6 }
A Interpretação Apostólica nos diz que :  
“...TODAS  AS  COISAS  colaboram  para  o  bem “daqueles”  que  foram  chamados (diz  respeito  à  Eleição...)  segundo  o  Seu  propósito(diz  respeito  à Predestinação...), 
pois   “OS  QUE”   dantes   conheceu, também   “OS”   predestinou....” 
(Rom. 8: 28 e 29)
 
“Os que” foram conhecidos por deus de antemão, “os que” foram chamados e predestinados  conforme  o  propósito  de  Deus,  são  “os  que”  foram  batizados  em Cristo !
Esse é o verdadeiro e genuíno batismo ! O batismo da Salvação !
Só é salvo quem foi batizado em Cristo Jesus. Só tem a vida eterna quem foi batizado em Cristo, pela sua morte e ressurreição ! Não há mais ninguém sendo batizado em Cristo nos dias de hoje, pois  tudo  já  está  consumado ! (Jo. 19:28) Deus consumou sua obra completa na cruz, em Cristo Jesus ! De modo que “OS QUE” estão nesta Nova Aliança, debaixo deste Novo Pacto selado pelo sangue de Jesus Cristo, AO  NASCEREM, já nascem salvos, libertos, abençoados, justificados, batizados em Cristo, novas criaturas, reconciliados  e etc... enfim, com  todas  as  bênçãos  espirituais  em  Cristo... (Efés. 1:3) 
Toda a obra de Deus foi consumada na cruz, em Cristo ! 
E hoje.... “somos feitura Sua, criados em Cristo Jesus PARA as boas obras, 
as quais DEUS  PREPAROU  para  que  andássemos nelas...” (Efés. 2:10)     
pois...  
“...fomos predestinados, CONFORME O PROPÓSITO dAquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da Sua vontade...” (Efés. 1:11)
“...para louvor e glória da Sua Graça...”  (Efés. 1: 6)
 
O batismo em Cristo é uma das “bênçãos espirituais em Cristo”, pois foi através dele que fomos justificados, reconciliados e aperfeiçoados diante de Deus, em Cristo.... 
Esse  é  o  “um  só  batismo” que  Paulo  disse  em  Efésios : 
“Um  só  Senhor ! Uma  só  fé !  Um  só  batismo !”
(Efés. 4:5)
 
O que Deus fez nesta Nova Aliança foi de uma vez por todas !
As  “coisas” que  a  Lei  nunca  pôde  aperfeiçoar, a  Graça  em  Cristo  aperfeiçoou para  sempre !  O batismo em Cristo nos fez novas criaturas !   
Seria  ridicularizar  a  sã  doutrina  comparar  um  mísero  “batismo  em  águas”  com o  batismo  em  Cristo... Seria menosprezar o poder e a grandeza de Deus, pensar que, para que uma ovelha (pois só as ovelhas puderam ser salvas...) fosse salva “necessitasse” de um “batismo” em águas, seja de um “batistério” ou de um “rio...”
Seria:  “...pisar o Filho de Deus, e Ter por profano o sangue da Aliança com o qual FOI santificado... seria ultrajar (insultar, afrontar) o Espírito da Graça...”  (Heb. 10: 29)
E é isso, o que as “igrejas” estão fazendo. Por falta de revelação estão “ultrajando” o Espírito da Graça...  Muitos até zombam de nós. Outros nos desprezam....
Nos chamam de loucos... de falsos profetas... até mesmo de anticristo... (?!?) (-----)  
“Ora, quem é o mentiroso senão aquele que NEGA(a)   que Jesus é o Cristo ?  
Esse  mesmo  é  o  anticristo, esse  NEGA  o  Pai  e  o  Filho.
Qualquer  que  NEGA(b)  o  Filho, também  não  tem  o  Pai;
aquele que confessa o Filho (Cristo), tem também o Pai...” 
(I Jo. 2: 22 e 23)
 
* (a)  Mas  o  que  é  “NEGAR”  que  Jesus  é  o  Cristo ?
 
É não crer que Jesus é o próprio Deus ! Ou seja, não crer que Jesus é o Messias !
E, a Bíblia, os profetas e os apóstolos falam que Jesus é Deus !  Aqui nós não negamos que Jesus é o Cristo. Nós cremos que Jesus é o próprio Pai, isto é,
Deus revestido de carne...  {veja: Atos 5: 42 – Atos 9: 22 }
 
* (b)  O  que  é  “NEGAR”  o  Filho ? 
O contexto “Filho”, aqui se refere à Cristo, que é o “Filho de Deus”, ou seja, Deus  na sua manifestação em carne.... (Jo. 1:14) NEGAR  o  Filho não é negar a Jesus, como Pedro fez três vezes (Jo.18: 17, 25 e 27), NEGAR  o  Filho é negar a obra de Deus em Cristo, ou seja, se alguém REJEITA e não confessa, não crê no batismo em Cristo, como fonte ÚNICA para a salvação eterna, e passa a crer como fonte para a salvação no batismo em águas, que era uma sombra, 
uma simbologia judaica; então a pessoa está NEGANDO o Filho.
Isto é, não está crendo totalmente no ÚNICO  e  PERFEITO  sacrifício que  Jesus Cristo fez na cruz por nós... (Você entendeu ?)  NEGAR  o  Filho, é negar  a perfeição do sacrifício de Jesus Cristo na cruz...
Se perguntarmos aos  “pastores do Sistema religioso”, certamente eles dirão : 
--- Mas nós não negamos o Filho !
Nós  cremos (veja  Atos 15:5) no  batismo  em  Cristo !
Nós  cremos  na  justificação  pela  fé ! E etc... e tal...
Dizem que “crêem”, mas continuam fazendo as “obras da lei”, tais como: Batismos, jejum  para  “santificação”, “santa”  ceia  e  outros  rudimentos  mais  que  nesta Nova  Aliança  não  passam  de  “obras mortas...” Cantam:   “Vem  cear... o mestre chama, vem cear...”
Mas o mestre (Jesus de Nazaré) nunca chamou um só gentio para cear !
Quando ele celebrou a “páscoa” (Mat. 26: 17....) com os seus discípulos judeus,
não havia UM SÓ gentio naquele momento, pois Deus mesmo tinha dito: 
“NENHUM  ESTRANGEIRO(gentio) comerá dela...” (da páscoa)
(Êx. 12: 43) 
A verdade é que “Jesus de Nazaré” não é e nunca foi o nosso “mestre” !
Segundo a Bíblia o nosso “mestre” é o apóstolo Paulo : 
“...fui  designado  pregador  e  apóstolo (digo a verdade, não minto)
“mestre  dos  gentios”  na  fé  e  na  verdade...”  
(I Timó. 2:7)
 
É preciso que todo o povo de Deus saibam da verdade ! 
Pois só a verdade os pode libertar ! (Jo. 8:32)
E  a  verdade  é  que, aquilo que as igrejas e os pastores chamam de “santa ceia”, 
A  BÍBLIA  CHAMA  DE  “PÁSCOA”.    
{ Se  você  não  tem  “medo”  DE  CONHECER  a  verdade  então  confira  em  Mat. 26: 17, 18,19 – Marc. 14: 12, 14, 16 – Luc. 22: 1, 7, 8, 11, 15}
Paulo mesmo disse que  NÃO  É  A  “Ceia do Senhor que comeis...” 
                                                (I Cor. 11:20  -  versão atualizada)   
 
Ora, o que era então ?  ERA  A  PÁSCOA !   
Que  os  “cristão judeus”  tinham trazido  para  dentro  da  Igreja  de  Corinto, que  era  uma  igreja  mista, isto  é, uma igreja de judeus e gentios.... por isso que Paulo disse:  
“Assim um tem fome (o gentio) e outro se embriaga (o judeu). 
Não tendes CASAS  onde comer e beber ? (Só a páscoa era celebrada nas “casas”, 
pelos  judeus – Confira  em  Êx.